2015-05-24

Agronegócios

Homem é preso com cápsulas de cocaína nas pernas e no estômago em MS



Fonte G-1

Polícia Federal fez flagrante no Aeroporto Internacional de Corumbá.
Mineiro foi levado para hospital para expelir cápsulas do estômago.


 Cápsulas de cocaína estavam presas com fita adesiva nas pernas (Foto: Divulgação/ PF)
Um homem, que levava cápsulas de cocaína presas por fitas adesivas nas pernas, foi preso pela Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira (29). O flagrante foi no Aeroporto Internacional de Corumbá, a 415 km de Campo Grande.
Segundo a PF, o homem é de Minas Gerais (MG) e tentava embarcar com 47 cápsulas de cocaína amarradas nas pernas. A droga seria levada para São Paulo. O suspeito estava em regime semiaberto e foi levado para o Hospital Municipal de Corumbá, onde está expelindo as cápsulas do estômago.

PF prende quatro pessoas em operação contra lavagem de dinheiro

Empresa suspeita de desvio de verba faturou R$ 465 milhões, diz PF.
Entre os presos estão três detidos em 2014 com R$ 113 mil em jatinho.


Fonte: G-1
Foto ilustrativa
A Polícia Federal prendeu em flagrante em Brasília na manhã desta sexta-feira (29) quatro homens suspeitos de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro por meio de sobrepreço e inexecução de contratos com o governo federal desde 2005. De acordo com o delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Dennis Cali, há 30 empresas sendo investigadas. Uma delas teria tido faturamento de R$ 465 milhões.

As prisões em flagrante ocorreram porque os policiais encontraram mensagens trocadas entre os suspeitos que indicavam a prática de crimes. A corporação apreendeu ainda mais de R$ 100 mil em espécie e dez carros de luxo no Distrito Federal, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Goiás. Um avião avaliado em R$ 2,5 milhões também foi apreendido.
Avião bimotor apreendido em Brasília pela Polícia Federal na Operação Acrônimo (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

 Entre os presos estão Marcier Trombiere Moreira, servidor de carreira do Banco do Brasil que trabalhou, na campanha do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT); o empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, dono de uma gráfica que também prestou serviço para a campanha do governador petista e que, em 2010, chegou a ser investigado por supostas ligações com a produção de dossiês contra candidatos do PSDB; e um homem identificado como Pedro Medeiros.
Até o momento não há nenhuma autoridade com prerrogativa de foro ou partido político sendo investigado"
Dennis Cali, delegado da PF
Veículo apreendido em Brasília pela Polícia Federal na Operação Acrônimo (Foto: Polícia Federal/Divulgação)
Os três já haviam sido detidos em outubro do ano passado, quando a PF apreendeu um jatinho no Aeroporto Juscelino Kubitschek que transportava R$ 113 mil. A aeronave é a mesma apreendida na operação desta sexta. Cali afirmou que documentos apreendidos pela PF demonstraram que os homens mantinham a associação criminosa mesmo após a ação. A pena para associação criminosa é de 1 a 3 anos de prisão.

A Polícia Federal esteve na casa do ex-deputado Virgílio Guimarães (PT), no bairro Sion, região centro-sul de Belo Horizonte, para cumprir mandado de busca e apreensão. Nenhum detalhe do cumprimento do mandado foi divulgado. A reportagem tentou contato com o ex-deputado, mas ele não foi encontrado.

A Secretaria de Comunicação do Estado de Minas Gerais divulgou nota sobre a operação, dizendo que o governo mineiro "não é objeto de investigação neste processo". Em Brasília, o delegado Cali disse que "até o momento não há nenhuma autoridade com prerrogativa de foro ou partido político sendo investigado". "Até o momento o governador Pimentel não é alvo da investigação."


De acordo com a Polícia Federal, para ocultar a origem criminosa do dinheiro, os investigados usavam com frequência "laranjas" e fracionavam os valores em partes menores, manobra que é conhecida como "smurffing".

Eles também se valiam de uma manobra conhecida como confusão patrimonial, quando em um mesmo espaço funcionam várias empresas. "Isso visa justamente dificultar a responsabilização e identificar quem é o dono da empresa", disse o delegado.
 


Operação Acrônimo
Cerca de 400 policiais federais cumprem 90 mandados de busca e apreensão expedidos pela 10ª Vara da Justiça Federal do DF. Nesta sexta, os policiais fizeram buscas em cerca de 30 endereços residenciais e 60 comerciais.
R$ 465 milhões é o faturamento de uma das empresas investigadas no suposto esquema de corrupção

O nome da operação faz referência ao fato de o prefixo da aeronave na qual foi localizado o dinheiro ser uma sigla formada pelas iniciais dos nomes dos familiares dos principais investigados.

Na apreensão do ano passado, quando começou a investigação, a Polícia Federal abriu um inquérito para apurar suposta lavagem de dinheiro. À época, a Coligação Minas Pra Você, de Pimentel, informou que Moreira e a gráfica de Oliveira Neto foram desligados com o fim da campanha eleitoral.

Ao longo dos oito meses de apurações, os policiais analisaram dados obtidos em notebooks, smartphones, tablets e outros dispositivos eletrônicos apreendidos com os suspeitos. Os investigadores analisaram mais de 600 gigabytes de informações e as cruzaram com outras fontes de base e dados.
Operação Força Tarefa intensifica ações da
 segurança na fronteira

Fonte:  SESP/MT
LIDIANA CUIABANO
Assessoria/Sesp-MT
Foto Ilustração


Uma grande ação integrada de prevenção e combate aos crimes típicos da região de fronteira foi realizada entre os dias 25 a 28 de maio em toda a faixa de fronteira entre o Brasil e a Bolívia. A operação Força Tarefa VIII envolveu instituições estadual e federal em ações diversas nos quase mil quilômetros de fronteira seca e alagada que separam o Brasil da Bolívia.

O resultado da operação foi apresentado em coletiva à imprensa nesta sexta-feira (29.05), na sede da Secretaria de Segurança Pública, em Cuiabá.

Ao longo da semana um efetivo de mais de 700 policiais realizaram diversas blitzes, bloqueios terrestres, rondas e abordagens, fiscalização de trânsito, cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisão, abordagens em bares e lanchonetes e patrulhamento por toda a região de fronteira. Ao todo foram abordadas 4.649 pessoas e 2.656 veículos.

As ações aconteceram durante o dia, a noite e madrugada em cerca de 20 cidades e distritos da região de fronteira. Foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão e 12 de prisão. Mais de 50 quilos de droga foram apreendidos, entre maconha e pasta base. Vinte e nove pessoas foram presas em flagrante e três menores foram apreendidos.

Os policiais também retiraram de circulação 14 armas de fogo, além da apreensão de 528 munições, 31 aparelhos eletrônicos, 925 CDs, 22 peças de roupa, três quilos de pescado irregular e seis veículos recuperados.

Durante a operação também foram confeccionados 251 autos de infração de trânsito, 115 veículos apreendidos por infração de trânsito e três CNHs apreendidas.

A operação foi coordenada pela delegacia Regional de Cáceres, através da delegada de polícia Alessandrah Marquez Alecrim. “Esse tipo de ação é muito gratificante pois, além de combater o crime na fronteira, fortalece as relações interpessoais e entre as instituições. É disso que precisamos na fronteira”, destacou.

Após a apresentação do resultado da operação, o secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque, parabenizou o trabalho das instituições que atuaram de forma integrada na fronteira. “Esse não é um trabalho fácil, pois envolve muita logística e investimento. Essa operação tem objetivos múltiplos, que é de prevenir e reprimir os crimes, ocupar espaço na fronteira e aumentar a sensação de segurança de quem mora nas cidades da fronteira”, disse.

Mauro Zaque lembrou ainda que a fronteira é uma região de interesse estratégico da Segurança Pública, uma vez que é porta de entrada do crime que deságua em outros estados.
Participaram da operação Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército Brasileiro e Receita Federal. Cães do Canil Integrado de Fronteira também auxiliaram as ações.  


Bando usa ambulância e rouba R$ 500 mil de carro-forte na PB


vídeo mostra fuga dos bandidos


Fonte; Portal Correio Uol
Segundo o major Gilberto Felipe, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, o dinheiro já foi recuperado e um dos assaltantes foi preso

Uma quadrilha armada com fuzis roubou um malote contendo R$ 500 mil com dinheiro de vigilantes de um carro-forte na manhã desta sexta-feira (29), em Campina Grande, no Agreste do estado. Houve troca de tiros e um dos assaltantes foi preso e o dinheiro recuperado. Um mototaxista foi atingido por bala perdida. Um idoso ficou ferido por estilhaço de vidros. Os feridos foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, conforme a assessoria de imprensa da unidade. 
Reprodução Whats App

 Segundo o major Gilberto Felipe, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, os suspeitos chegaram em uma ambulância e interceptaram o carro-forte quando o veículo parava em frente do banco.

Reprodução Whats App


“Os assaltantes estavam fortemente armados e renderam os vigilantes do carro-forte em frente do Bradesco. O grupo fugiu em veículo Toyota Corola e em um Renault e abandonou a ambulância no local contendo munições. Várias viaturas da Polícia Militar foram acionadas e cercaram as saídas de Campina Grande”, disse o Major.

Reprodução Whats App

Veja a fuga dos bandidos no Vídeo; que circula nas redes e no You tube.




Reprodução Whats App
O comandante disse que houve perseguição pelas principais ruas da cidade e um dos assaltantes foi baleado durante troca de tiros. “Foi uma ação rápida e ousada. O assaltante ferido estava com o malote contendo R$ 500 mil em espécie.”, falou. A Polícia Militar ainda afirmou que o carro usado pelos assaltantes foi roubado. Segundo o sargento Noaldo, que participou da ação, os veículos usados no crime foram abandonados pelos assaltantes.  
Foto Reprodução Whats App
A assessoria do Bradesco informou que a agência funciona normalmente nesta sexta. Nenhum funcionário da empresa de valores se feriu. As autoridades policiais seguem em diligências para identificar os suspeitos.











D.O.F, prende Agente Penitenciário de MT 
com 1200 Munições de vários calibres.


Fonte SEJUSP/MS


Na tarde dessa quinta(28), por volta das 17h20min, durante bloqueio policial na MS 164, região de Ponta Porã/MS, policiais do Departamento de Operações de Fronteira – DOF, abordaram um veículo VW Parati de cor prata, com placas de Cuiabá/MT, conduzido por Carlos Henrique de Souza Ferreira de 35 anos, que é agente penitenciário e morador em Cuiabá/MT, juntamente com seu sobrinho, o menor R.T.S.R.F. de 16 anos, também morador em Cuiabá/MT, sendo que em vistoria foram encontradas camufladas no estofamento do veículo, 1200(um mil e duzentas) munições de diversos calibres (32, 380, 22, 635 e 38), que teriam como destino a cidade de Cuiabá/MT.
Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor e encaminhado juntamente com o menor e o material apreendido até a Delegacia de Fronteira de Dourados/MS, para as devidas providencias.






 Parabéns aos policiais do Departamento de Operações de Fronteira, batendo firme, no combate a prática de atos ilícitos, em Mato Grosso do Sul.
 DOF apreende arma com adaptador de  alto poder 
de destruição, e drogas  em Ipezal- MS


Por Raul Valentim

  Por volta das 07;40 horas desta quinta feira, 28 de maio, Policiais do D.O.F ( Departamento de Operações de Fronteira), estavam realizando bloqueio de fiscalização, na Rodovia MS 145, no Distrito de Ipezal-MS.   No local abordaram um veículo Renault Sandero, de cor preta, com placas de Limeira -SP. 

O veículo era conduzido por Paulo Humberto Cardoso, de 32 anos, morador de Goiânia-GO.
 Durante abordagem, os policiais realizaram vistoria veicular primária, e constataram no interior do veículo apenas roupas que seriam produtos de descaminho. Ou seja entrou no país, de forma irregular, sem recolher tributos, da importação. 

Foto divulgação D.O.F.

Os policiais removeram o veículo juntamente com o Suspeito, para a base do Departamento de Operações de Fronteira, onde foi realizada um revista veicular mais aprofundada.


Foto divulgação D.O.F.


Foto divulgação D.O.F.

  Durante esta vistoria, os Policiais conseguiram localizar escondidos atrás do para-choque, dentro de um compartimento 
 ( mocó), 1(uma) caixa de munições calibre 380, 2 (duas) pistolas Taurus cal 380, e 1 (uma) pistola Glock calibre 9 mm, e um seletor de rajadas, que transforma a pistola numa sub metralhadora, conhecido como Drum Mag, que tem capacidade para 135 ( cento e trinta e cinco) munições.

Foto divulgação D.O.F.


Foto divulgação D.O.F.


 O equipamento é adaptado a uma pistola que possua um seletor de rajada, como a Pistola Glock apreendida com o mesmo.
O Suspeito informou aos policiais que estaria levando a carga para a Capital de Goiás, onde reside.  

 O equipamento é adaptado a uma pistola que possua um seletor de rajada, como a Pistola Glock apreendida com o mesmo.
O Suspeito informou aos policiais que estaria levando a carga para a Capital de Goiás, onde reside.

Veja  vídeo  ilustrativo, que  demonstra do poder de fogo do armamento que cairia nas mãos criminosas, e que foi apreendida pelos policiais, do Departamento de Operações de Fronteira.  


Video:You tube Canal Olavo Mendonça

 Também foram encontrados 25 tabletes de maconha , totalizando 21,8 Kg, 10 tabletes de cocaína, totalizando 10 Kg. 
  

Foto divulgação D.O.F.


O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com as armas , drogas e o veículos apreendidos, para a Delegacia de Fronteira, em Dourados - MS onde responderá pelos seus atos.


Este tipo de armamento esta sendo cada vez mais utilizado por criminosos de todo o Brasil, sendo que alguns já foram apreendidos no Estado do Rio de Janeiro.

 Os Policiais e os cidadãos de bem estão a cada dia mais reféns do poder de fogo dos bandidos. Uma luta injusta e desigual, pois quando são flagrados e presos com equipamentos como este, simplesmente não recebem uma punição exemplar. 

 E ainda tem políticos que criam projetos para desarmar a polícia. Já desarmaram as pessoas de bem, agora querem desarmar quem trava uma luta desigual, botando a cara e a vida em defesa da sociedade.




    
Parabéns aos Policiais do D.O.F, que através da dedicação conseguiram através de um brilhante trabalho, realizar a apreensão de armas com grande poder de fogo que poderia ser utilizada na pratica de crimes, e os resultados poderiam ser irreparáveis.
27/05/2015 10h54 - Atualizado em 27/05/2015 10h59

PF apreende 37 kg de droga em bagageiro 

de ônibus em Cuiabá



Fonte G-1

À Polícia Federal, motorista confessou que a droga pertencia a ele. Cães farejadores encontraram 37 tabletes de cocaína em mala e mochila.


Foto Reprodução TVCA
A droga estava escondida no bagageiro do ônibus de Turismo.

A Polícia Federal apreendeu 37 kg de pasta base de cocaína na noite desta terça-feira (26), em Cuiabá. A droga estava sendo transportada em um ônibus de turismo e pertencia ao próprio motorista. A Polícia Federal informou ter recebido a informação de que um ônibus de viagem estaria carregando com droga e, diante disso, fez a abordagem e revista.

A apreensão ocorreu quando o veículo passava pela Avenida Historiador Rubens de Mendonça. O ônibus de turismo tinha saído de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, e seguia para o Maranhão. A polícia contou com a ajuda de cães farejadores para encontrar a droga, que estava no bagageiro do ônibus. Ao todo, foram apreendidos 37 tabletes de pasta base em uma mala e uma mochila.
O veículo passava em frente à sede da Polícia Federal quando foi parado. No momento da abordagem, o motorista do veículo confessou que a droga pertencia a ele. O motorista não informou onde teria pego a droga e nem para quem seria entregue. Ele foi preso por tráfico de drogas. A polícia deve investigar o crime.

Quadrilha de roubo de caminhões é desarticulada 
e 4 são presos pela Polícia Civil.
   

 Fonte P.J.C/MT

Quatro membros de uma quadrilha de roubos de caminhões foram presos na tarde terça-feira (26.05),  na Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande. A prisão é fruto da parceria da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, com a Polícia Rodoviária Federal, por meio do compartilhamento de informações entre os setores de inteligências das duas polícias.  
Foram presos Juvenir Ferreira de Magalhães, o “Fumaça”; Marcos dos Santos, o “Neguinho”; Sebastião de Jesus, o “Véio”; e Ester Gonçalo dos Santos. A participação de outros integrantes é investigada pela Especializada.  
Mais de cinco roubos de caminhões com cargas de combustível foram atribuídos ao grupo criminosos, que costuma abordar os motoristas no eixo entre a Serra de São Vicente e a região de Diamantino. Um caminhão que transportava bebidas também foi roubado pela quadrilha.  
De acordo com o delegado Marcelo Martins Torhacs, o Núcleo de Inteligência Operacional da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos, em parceria com a Área de Inteligência da PRF, conseguiu identificar uma quadrilha especializada em roubos de caminhões de transporte de cargas, possibilitando a prisão de parte do grupo criminoso.  
“Graças à proximidade e confiança dos Setores de Inteligência da PJC e da PRF, foi possível analisar alguns dados e informações,  e assim, identificar e localizar essa quadrilha, cujos integrantes não possuem residência fixa, nem paradeiro certo”, destacou o delegado Marcelo Martins Torhacs. 
As investigações identificaram que o bando usava um veículo Fusion, preto, placas BEC-3008, para transporte dos integrantes da quadrilha até as vítimas, e cada integrante tinha função bem definida. "A investigação aponta que Ester era a 'isca' para motoristas de caminhões; Jovenir  (Fumaça), e Marcos (Neguinho), se revezavam na abordagem dos motoristas, com emprego de arma de fogo; e Sebastião de Jesus (Véio), era o responsável por desativar os rastreadores dos caminhões”, esclareceu o delegado Marcelo Martins Torhacs.  
Veículo usado pela quadrilha para abordar os caminhoneiros.
O delegado explicou que foi repassada informação precisa do veículo utilizado pela quadrilha à Polícia Rodoviária Federal, que realizou abordagem do carro, prendendo os integrantes. Com eles, foi apreendido um revólver calibre 38 e munições, escondido no forro do veículo, sendo encontrado depois de buscas no carro, já no pátio da Delegacia. "Ao que tudo indica, a quadrilha se movimentava para a prática de novo roubo, na terça-feira", disse delegado.  
O suspeito Jovenir , o “Fumaça”, tentou se identificar falsamente, apresentando aos policiais rodoviários carteira de habilitação do irmão. Marcos dos Santos se identificou falsamente, verbalizando nome diverso. "Contudo, a fraude foi desmascarada pelos PRFs, com auxílio dos nossos policiais civis", destacou Torhacs.  
Passagens  
Todos os presos possuem vários antecedentes criminais, a maioria por crimes de roubos majorados. A conduzida Ester responde por tentativa de homicídio. Os suspeitos, Juvenir “Fumaça” e Marcos dos Santos , são investigados pela Delegacia por participação em vários crimes de roubos de caminhões. 
O autuado Juvenir Ferreira de Magalhães, popular  “Fumaça”, estava com mandado de prisão preventiva em aberto, por crime de roubo praticado na região de Diamantino. A ordem judicial foi cumprida equipe da Derrfva.  
As diligências e a lavratura do auto de prisão em flagrante foram coordenadas pelo delegado de polícia Marcelo Martins Torhacs, adjunto da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).  

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira, D.O.F.,
apreendem comboio com contrabando e descaminho.

O comboio com 19 veículos trafegava numa estrada vicinal, e foram flagrados pelos policiais. Os veículos transportavam produtos oriundos do Paraguai, que eram contrabandeadas, ( por não ser permitido a comercialização dentro do território Nacional) ou por  Descaminho ( quando não tem nota de i,portação da mercadoria, que deve dar entrada via Agência aduaneira do Brasil). 

Foto; Divulgação D.O.F
 A apreensão aconteceu na tarde desta terça feira, 26 de maio, no distrito de Vista Alegre, no município de Maracaju, em MS.

 Os veículos viajavam em comboio, pela Rodovia MS 470, e o destino seria a cidade de Nova Alvorada do Sul, onde todas as mercadorias seriam embarcadas em ônibus e sairiam para várias cidades.

Foto; Divulgação D.O.F

  São mercadorias variadas e o levantamento ainda não teriam sido concluídos, más os Policiais do D.O.F. avaliaram que teria o valor estimado em aproximadamente 1 milhão de Reais.


Foto; Divulgação D.O.F

Os veículos e as mercadorias, apreendidas,   e pelo menos 23 pessoas foram conduzidas pelos Policiais, para a Receita Federal, onde após serem ouvidas foram liberadas.


Parabéns aos policiais do D.O.F., que estão sempre
 Alertas na Fronteira de Mato Grosso do Sul.
 Realizando mais um brilhante trabalho.


Polícia Civil de Tangará da Serra apreende Fuzil cal . 30, 
com Suspeito que iria para Cuiabá.


 A apreensão teria acontecido no município de Nova Olímpia_MT, na tarde desta quarta feira, 27 de Maio. 

 Investigadores da  delegacia de Policia Civil, receberam denúncia anônima que um veículo Corsa de cor branca, com placas de São Paulo estaria levando uma arma para Cuiabá. 

De posse destas informações, os policiais fizeram várias diligências e montaram barreiras nas estradas do município, bem, como na BR 358, em Nova Olímpia.

Foto Fronteira Alerta/PJC/Tangará da Serra
 Onde abordaram o veículo GM Corsa de placa EFU 7456, de cor branca, da cidade de São Paulo- SP, que era conduzido pelo o Suspeito de Nome Iduino Lídio da Silva  35 anos," vulgo Duda". O Suspeito é morador da cidade de Tangará da Serra.

 Durante revista no veículo, o Fuzil calibre .30 foi encontrado debaixo do banco traseiro, juntamente com as 20 munições.

Foto Fronteira Alerta/PJC/Tangará da Serra
Foi dado voz de prisão ao mesmo, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, onde foi autuado, e responderá pelos seus atos.

Mais uma vez a polícia Civil, dando resposta a uma solicitação da comunidade. Demostrando que o elo de confiança, e parceria entre pessoas de bem e a Polícia funciona de fato. 


 Parabéns a comunidade que participa junto com a polícia, na luta contra a criminalidade. Parabéns aos Investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Tangará da Serra e a todos que se empenharam neste belo trabalho.



 Porto Esperidião ganhará mais uma empresa do setor de nutrição Animal



 Em Breve uma nova empresa estará iniciando suas atividades em Porto Esperidião- MT, com profissionais experientes, e com conhecimento profundo, de quem também é criador.

A empresa "PRODUZIR" agrícola e Nutrição Animal, será representante da REAL H, para Porto Esperidião, e demais regiões de Mato Grosso.  

A REAL H,  produz produtos da mais alta qualidade e reconhecido internacionalmente pelo padrão de excelência de seus produtos.



Sua inauguração será marcada por uma grande promoção de alguns produtos, que vale apena esperar.


 Aqui o Fronteira Alerta inicia suas atividades, no Fronteira Rural.
 Onde você estará bem informado sobre as notícias e novidades do Campo.

Assaltantes morrem em troca de tiros após 

explosão de caixa eletrônico em Moeda

Fonte: em.com.br

Com informações de Samara Costa, da TV Alterosa


Cinco criminosos fugiram, mas foram presos depois de rastreamento na região. Nenhuma quantia em dinheiro foi roubada e o grupo era investigado há cerca de um mês.


Fotos Divulgação
 Dois suspeitos foram mortos durante uma troca de tiros com as policias Federal e Militar na madrugada desta terça-feira, 26 de maio, durante uma tentativa de assalto a um banco em Moeda, na Região Central de Minas. Outros cinco homens tentaram fugir, porém eles acabaram presos, sendo que quatro deram cobertura aos comparsas e um teve participação direta no crime. Eles estavam em um Volkswagen Golf quando foram surpreendidos e nenhum policial ficou ferido na ação.

Uma agência do Banco do Brasil foi o alvo dos criminosos, que utilizaram materiais explosivos para danificar dois caixas eletrônicos e grande parte do imóvel. Apesar do estrago, os assaltantes não roubaram dinheiro. O grupo estava sendo monitorado pela Polícia Federal (PF) há cerca de um mês e foi surpreendido logo após as explosões. 

Pelo menos duas pistolas, carregadores, munições, três máscaras e um Fiat Palio foram apreendidos com os criminosos. Homens do Grupo de Ações Táticas Especiais da PM (Gate) e da perícia da Polícia Federal estiveram no local.
Fotos Divulgação
De acordo com a PF, os presos vão responder por associação criminos, roubo qualificado e uso de explosivos. Caso sejam condenados, eles podem pegar até 27 anos de prisão.

MEDO Uma funcionária de um estabelecimento próximo da agência contou que a troca de tiros assustou moradores do município. O banco foi isolado e o trânsito na Avenida do Comércio, no Centro da cidade, chegou a ser interrompido para o trânsito de veículos.

PF desarticula quadrilha de MT que vendia droga da Bolívia em SP



Fonte G-1/MT

Grupo trazia cocaína para Mato Grosso e levava de carro até São Paulo.


Policiais cumprem mandados de busca e apreensão em MT e em Goiás.


Segundo o Site G1/MT informou hoje Sete pessoas que faziam parte de uma quadrilha de traficantes foram presas pela Polícia Federal de Mato Grosso. Segundo a PF, uma operação, deflagrada nesta 
Foto ilustração
quarta-feira (27) levou o restante dos integrantes da organização criminosa para prestar depoimento na delegacia de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Os sete detidos considerados líderes da quadrilha foram presos ao longo de uma investigação que durou mais de dois anos.

De acordo com a PF, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Mirassol D’Oeste, Vila Bela da Santíssima Trindade, Cuiabá e Israelândia (Goiás). Os policias também cumpriram quatro mandados de condução coercitiva em Mirassol D’Oeste, Cuiabá e em Goiás.
Pelas investigações os policiais identificaram uma organização criminosa que comprava cocaína na Bolívia e trazia o entorpecente até as cidades de Vila Bela da Santíssima Trindade e Mirassol D’Oeste. Nesses dois municípios os traficantes colocavam a droga em carros e partiam para a região de São Paulo, onde vendiam a cocaína. Ao longo da investigação a PF apreendeu 364 kg de pasta base de cocaína que pertenciam ao grupo.
Os integrantes da quadrilha também tiveram os bens apreendidos pela Justiça Federal.


Polícia Civil prende pela 3ª vez criminosa líder de quadrilha de roubos na Capital .

Fonte: P.J.C/MT
Foto Ilustração- 
Assessoria/PJC-MT 


Condenada a mais de 19 anos de prisão pelos crimes de roubos e por integrar a facção criminosa do Comando Vermelho de Mato Grosso (CV-MT), a suspeita Glauce da Silva Neves, 32 anos, conhecida por "Gê", foi novamente presa pela Polícia Judiciária Civil, na operação "Top Five", que visa identificar e levar para cadeia lideranças criminosas no Estado de Mato Grosso. A mulher é considerada de altíssima periculosidade. 
O foragida estava com 3 mandados de prisão em aberto e responde por diversos crimes como roubos no comércio, caixa eletrônicos, uso de documentos falsos, receptação, associação criminosa, entre outros. Ela foi recapturada na terça-feira (26.05), pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Cuiabá, no bairro Morada do Ouro, na posse de um veículo Gol clonado e novamente portando documento de identidade falso.   O veículo foi apreendido e periciado. 
O delegado da Derf Cuiabá, Ferdinando Frederico Murta, informou que a criminosa, além do cumprimento dos mandados de prisão, expedidos pela Vara do Crime Organizado de Cuiabá, Glauce foi novamente autuada em flagrante pelos delitos de receptação e uso de documento falso. 
Em 28 de abril de 2014, Glauce da Silva Neves, foi presa pela Delegacia de Roubos e Furtos da Capital, acusada de integrar uma quadrilha envolvida em vários roubos e furtos, praticados na  região central de Cuiabá. Na ocasião, ele foi autuada em flagrante por uso de documento falso, com o nome de Claudia Lopes Crisortemo Franca, e já tinha dois mandados de prisão em abertos, decretados pela Justiça de Mato Grosso.  
Um dos mandados era referente a investigação da Polícia Civil do roubo a Padaria América, no Jardim das Américas, em Cuiabá, no dia 13 de agosto de 2013. Na ocasião, a suspeita na companhia de três comparsas, todos armados, roubaram cerca de R$ 20 mil do estabelecimento, além de celulares e pertences de funcionários, clientes e da empresa. A segunda ordem judicial foi expedida no inquérito do assalto da joalheria Nicole Joias, ocorrido em 2012. 
Em 9 de novembro de 2012, a suspeita foi presa no Ganha Tempo, tentando tirar um documento falso, e teve mandado de prisão cumprido dentro da operação “Furacão”. A operação tinha sido deflagrada em abril de 2012, pela Derf, nos estados de Mato Grosso, Goiás e Tocantins, e levou a prisão dez membros de uma quadrilha que agia no arrombamento de caixas eletrônicos nos Estados de Rondônia e Tocantins foram presos. O dinheiro arrecadado nos crimes era gasto em Mato Grosso. 
Quando a suspeita foi presa em 2012, os policiais da Derf, em buscas na residência dela, encontraram  várias peças de joias, todas ainda com etiquetas. As vítimas dos roubos a joalheria e a da Padaria América reconheceram Glauce como uma das pessoas que efetuaram o assalto nos estabelecimentos.  
A criminosa foi novamente encaminhada a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, na Capital.  

Participação no CV-MT 
Glauce da Silva Neves, conhecida por “Gê” é integrante do Comando Vermelho de Mato Grosso (CV-MT). Possui altíssima liderança, sendo a principal responsável pela administração de rua. Ela exerce a função de administrar todos os membros que estão na rua, bem como aqueles que saem em liberdade. Ela controla ainda a contribuição mensal de cada membro que está em liberdade, além de realizar reuniões a fim de repassar  todos as decisões ao “Conselho Final” para os membros que estão na base. Glauce foi recomendada a facção por um reeducando que faz parte de uma quadrilha de arrombamentos de caixas eletrônicos.

Ex presidiário é encontrado morto na zona Rural de IV Marcos

Por Raul Valentim- Fronteira Alerta.

A Vítima teria saído recente mente do presídio, e cumpria  o restante da pena em liberdade condicional, onde teria que seguir uma séria de requisitos, exigidos pela lei.


O local fica a menos de 10 KM de onde foram encontrados neste domingo,  outros dois corpos, de dois jovens executados a tiros. 

 Na manhã desta terça feira, policiais foram, acionados via 190, para comparecerem na estrada que liga o Município de São José dos IV Marcos ao Distrito de Santa Fé. As informações eram que havia um corpo de um homem jogado as margens da estrada, e com sinais de lesões que provavelmente indicariam um homicídio. 
Foto Fronteira Alerta

 Os policiais deslocaram até ao local, onde constataram a veracidade do caso. A Vítima teria sido reconhecida pelo nome de Rermer Rodrigues Beosuino de 27 anos, uma pessoa muito conhecida na cidade, que era ex presidiário e seria usuário de drogas. Os peritos Criminais foram acionados por investigadores da Polícia Judiciária Civil. 
 Um policial que esteve no local informou que aparentemente teria sido morto por disparo de arma de fogo.  Salientando também que é muito prematuro fazer qualquer comentário a respeito da morte, "estaremos aguardando os resultados periciais, e também as conclusões das investigações, que se iniciaram , assim que o fato foi comunicado". 

 O corpo foi localizado por um morador que tem uma propriedade, e estava caminhando pela estrada, quando um de seus cães teria teria ficado agitado, chamando a atenção do mesmo, para o local. Sendo que o Sitiante visualizou a Vítima caída no local já sem vida. 
 As investigações ficarão por conta da Delegacia de Polícia Judiciária Civil de São José dos IV Marcos.


 

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog