Atrito conjugal movido a álcool termina a vítima detida após tentar agredir PMs em M. D´oeste.



 ATRITO CONJUGAL MOVIDO A ÁLCOOL TERMINA A VÍTIMA DETIDA, APÓS TENTAR AGREDIR PMS EM M. D´OESTE

 Ela solicitou a polícia queixando-se de uma agressão praticada pelo marido, mas em visível estado de embriagues tentou agredir os policiais acabou detida e foi em cana.

Foto/ Calicatura/ WEB reprodução/ Ed F.A.;

 O fato ocorreu na noite deste domingo dia 27, quando os Policiais Militares do 17º BPM foram atender uma ocorrência de violência doméstica, que havia ocorrido na Rua 1, no bairro Jardim São Paulo, próximo à estação de tratamento de esgoto, em Mirassol D´oeste-MT.

 No local  uma mulher, que não quis fornecer seus dados aos policiais, se apresentou como vítima, dizendo que tinha um "galo" na cabeça,  ocasionado por uma agressão praticada pelo esposo.



  Segundo a Polícia a mesma que estava invisível estava embriaguez alcoólica e com os nervos exaltados, partiu para cima dos PMs, tentando lhes  agredir com tapas e também se apossar de uma arma dos mesmos.

 A mulher foi contida, ainda com os nervos exaltados,  possivelmente em  razão do efeito da bebida e conduzida para a Delegacia de Polícia Civil, onde outras providências foram tomadas e o fato apurado, inclusive a queixa da agressão sofrida, conforme a mesma alegou aos Policiais Militares antes de tentar-lhes agredir.

Comentários