De volta para o xilindró; PM recaptura foragido que esqueceu de voltar para a Cadeia de Cáceres





DE VOLTA PARA O XILINDRÓ; PM DE  RECAPTURA FORAGIDO QUE ESQUECEU DE VOLTAR PARA A CADEIA DE CÁCERES

 O suspeito que teve uma saída provisória não retornou ao presídio, talvez por perda de memória pois ainda errou até o próprio, mas os Policiais, curaram a doença, sendo quase um milagre.


Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.

 O fato ocorreu no início da tarde deste sábado, dia 30, por volta das 13:30, quando Policiais Militares do 6º BPM de Cáceres realizavam patrulhamento pela rua Projetada, no bairro Jardim Lucélia, em Cáceres a 226 KM da Capital. Cuiabá.

 Durante o policiamento os Militares realizaram a abordagem ao indivíduo, que encontrava-se em atitude suspeita, e que já é figurinha conhecida e carimbada pelo selo  da Justiça.


 Durante a entrevista o mesmo relatou se chamar José Márcio de Oliveira, filho de Dona I.A.M.O.,  que foi devidamente checado através do Ciosp, onde foi nada de errado foi encontrado em relação a essa pessoa.


 Este fato causou estranheza os policiais que já  conheciam o suspeito de outras passagens, e decidiram aprofundar as perguntas, fazendo um verdadeiro teste de conhecimento psicológico, e um regressão de memoria, ao passado não muito distante.

 O suspeito que tentou enganaram os militares, se passando pelo irmão não contava e não se lembrava também que dois policiais já haviam realizado a sua prisão em outra ocasião.


 Os policiais realizavam nova entrevista com suspeito, que dessa vez por relatou  o nome verdadeiro de Joilton Aparecido Miranda de Oliveira, que revelou que o primeiro nome é passado era do seu irmão, e que o mesmo era foragido do Cadeião.



 Foi constatado jundo a direção da Cadeia Pública de Cáceres que realmente o o mesmo é foragido daquela Unidade Prisional  desde a data de 25 de maio de 2018.

 Na ocasião o suspeito saiu temporariamente e não retornou mais, talvez por esquecimento mesmo e desde então é considerado foragido da justiça e deverá retomar o cumprimento da pena.

 O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido para a 1ª DP de Cáceres, de onde será recambiado para a Cadeia Pública retornando assim em segurança para o xilindró, com a memória completamente restabelecida.

Comentários