PRF apreende 19 Kg de drogas em veículo que saiu de Porto Esperidião com destino a Minas Gerais


 PRF APREENDE 19 KG DE DROGAS VEÍCULO QUE SAIU DE PORTO ESPERIDIÃO COM DESTINO A MINAS GERAIS

A apreensão ocorreu na BR-364, na região metropolitana de Cuiabá, sendo que a droga estava escondida no painel do carro do suspeito de 38 anos, que também foi preso.

Foto: PRF divulgação/ Ed F.A.

                                                                                                                                                                                                     
Publicidade:

   Magazine Maria



 Novo telefone em Mirassol D´oeste - 3241-2155  


                                                                                                                                                                                                     

  A ação da PRF ocorreu no KM 387 da BR 364, em Santo Antônio do Leverger, região metropolitana de Cuiabá, por onde cruza a BR. que um dos principal elos de ligação das regiões Norte e Sul de MT e também de outras Regiões do Brasil. 

Durante os trabalhos de fiscalização de rotina foi abordada uma picape Fiat Strada, de cor prata, que era conduzida por um indivíduo de 38 anos, proprietário do carro, que se demostrou bastante nervoso, com a ação policial.

 Diante do nervosismo do motorista os policiais suspeitaram que algo de ilícito poderia estar sendo transportado no veículo e iniciaram uma vistoria minuciosa.

Durante esta averiguação, dentro do painel do carro foram localizados 18 tabletes de drogas, sendo posteriormente constatado que eram 14 de cloridrato de cocaína ( cocaína pura) e 4  de pasta base de cocaína, que juntos pesaram 19,3, KG de entorpecentes.

O suspeito relatou que estaria recebendo uma certa quantia em dinheiro para levar a droga de Porto Esperidião-MT, localizada a 300 KM a Oeste da Capital, região de fronteira coma a Bolívia, com destino a cidade de Uberada-MG



 Diante do flagrante o suspeito recebeu voz de prisão sendo conduzido para a Polícia Federal de Cuiabá, onde outras providências foram tomadas.

Comentários