PRF de Pontes Lacerda apreende carregamento de super maconha com passageira de ônibus que seguia para Rondônia



PRF DE PONTES E LACERDA APREENDE CARREGAMENTO DE SUPER MACONHA, COM PASSAGEIRA DE ÔNIBUS QUE SEGUIA PARA RO



   A jovem estava transportando Skank e Maconha, que totalizaram 20 KG de drogas, sendo que quando a mesma era menor de idade também foi apreendida com carregamento de drogas, neste mesmo local e na mesma linha de ônibus.





A apreensão da droga ocorreu por volta das 8 horas da manhã deste sábado, dia 9, na BR-174,  KM  294,  durante fiscalização de rotina, quando os Policiais realizaram a abordagem a um ônibus da empresa União Cascavel, que fazia o itinerário de Cascavel Paraná a Rio Branco no Acre.

 A droga foi apreendida durante a vistoria no bagageiro do veículo, quando foi localizada dentro de uma mala pertencente a passageira identificada como B.A.S., de 19 anos, que estava sentada na poltrona 20 do ônibus.


Foto: PRF/ Ed F.A.
 Dentro da mala foram encontrados 16 tabletes de maconha, que pesaram 14,8 kg,  sendo que também estavam na mesma mala 16 pacotes de substância análoga a Skank, pesando 4,6 KG. Esta droga também é conhecida como super maconha, com teor entorpecente bem mais forte, que as maconha comum e também de maior valor, no mundo das drogas.



 Durante a entrevista com os Policiais Rodoviários Federais a suspeita relatou que adquiriu a droga na cidade de Ponta Porã ,Mato Grosso do Sul  fronteira com Paraguai, e seria levada para ser vendida em Porto Velho, capital de Rondônia, por um preço bem acima do que foi pago, e obteria um ótimo lucro.

 Essa não é a primeira vez que a jovem foi presa transportando entorpecentes, sendo que a primeira vez ocorreu há cerca de 4 anos, quando a mesma tinha apenas 15 anos e foi beneficiada pela lei por ser menor de idade na ocasião.



 Após o flagrante a mesma foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Pontes e Lacerda, onde desta vez o enquadramento pela lei será completamente diferente de quando era menor de idade, devendo assim responder pelo crime, trancada atrás das grades

Comentários