Mãe de 5 filhos é brutalmente assassinada na casa do ex companheiro, quando foi buscar a pensão dos filhos



MÃE DE 5 FILHOS É BRUTALMENTE ASSASSINADA NA CASA DO EX COMPANHEIRO, QUANDO FOI  BUSCAR O DINHEIRO DA PENSÃO DOS FILHOS

 Uma das filhas de 18 anos encontrou a mãe morta na casa do pai,  ao lado do corpo um pedaço de pau sujo com o sangue da vítima e um bloco de recibo da pensão.


Foto: R.S.W.A,/ Ed F.A.


 O fato que comoveu toda a região de Fronteira é mais um crime contra a mulher e neste caso a vítima e a mãe de 5 filhos, dois maiores e tr~es ainda menores, onde o ex havia lhe chamado para entregar o dinheiro pensão dos três filhos menores.


 O crime ocorreu na manhã  deste domingo dia 28,  quando a vítima Dilma Maria Ribeiro de 50 anos foi até a casa do ex-marido  Sabino Guia da Silva de 52 anos, localizada no bairro Espírito Santo, na cidade de Cáceres.

Foto: R.S.W.A,/ Ed F.A.

 Segundo informações da própria filha de 18 anos, que encontrou o corpo a mãe, A vítima teria saído por volta das 9 horas da manhã, após ter recebido o comunicado do suspeito, que era para a mesma ir até sua residência buscar a pensão dos filhos menores.


 Já por volta de 11 horas da manhã, a jovem estranhou a demora do retorno da mãe e decidiu ir até a casa do pai,  e ao chegar encontrou o corpo da mãe caído no piso da sala.


 A vítima, já em óbito, estava decúbito ventral, com a blusa rasgada e com ferimentos nas costas,  sendo que ao lado do corpo encontrava-se num pedaço de madeira, com o sangue da vítima e ainda um bloco de recibos, onde era anotado o pagamento das pensões das crianças.


 A vítima estava separada do assassino  a pouco mais de um ano, sendo o que conforme informações da Delegada de Polícia Civil Judá Maali, Titular da Delegacia da mulher em Cáceres, o assassino não teria respeitado a decisão da mulher, desconsiderando a sua vontade, Liberdade... E a vida.


 O suspeito não foi localizado até o início da noite deste domingo, sendo que logo pós a comunicação do crime as equipes, já iniciaram as diligências para elucidar o caso e realizarem sua prisão.


 O local foi isolado e periciado pela equipe da Politec, sendo o caso investigado pela Delegacia Especializada da Mulher em Cáceres e pela equipe de investigações de homicídios.

Comentários