PM prende Pedófilo que abusou sexualmente e engravidou a sobrinha de 14 anos, em Lambari D´ oeste


PM PRENDE PEDÓFILO QUE ABUSOU SEXUALMENTE E ENGRAVIDOU A SOBRINHA DE 14 ANOS, EM LAMBARI D´OESTE

A vítima estava com  a mãe e o Conselho Tutelar e disse que quando dormia na casa da tia, o suspeito saia da cama da esposa e ia para sua cama onde os abusos aconteciam.



Imagem ilustrativa


 O fato foi registrado por Policiais Militares do Núcleo de Polícia de Lambari D´oeste, na tarde desta sexta-feira dia 10, quando uma adolescente de 14 anos, juntamente com a sua mãe e conselheiras tutelares compareceram aquela Unidade e realizaram a denúncia.

 A vítima informou aos policiais que estava grávida de dois meses do marido de sua tia, que é irmã de sua mãe.

 Segundo a mesma relatou aos policiais, seu tio  mantinha relações sexuais com ela desde o ano passado, quando os abusos começaram,  e sob ameaça a mesma ficou com medo de fazer a denúncia.

 Ainda conforme relato da vítima, abusos começaram no ano, passado quando a mesma ainda tinha 13 anos e passou a ir dormir na casa de sua tia.

 Ainda segundo a Vítima a mesma dormia numa cama de solteiro, no mesmo quarto em que a tia e seu tio dormiam em uma cama de casal e durante a noite o mesmo se aproveitava e quando a esposa dormia ele ia para a cama da menor  e a violentava.
Imagem ilustrativa/ DENUNCIE
 A mesma relatou ainda diante da mãe e das conselheiras que os abusos sexuais ocorreram entre 15 e 20 vezes  e o medo fez com que a mesma não revelasse anteriormente os abusos sofridos.

 Diante da denuncias os Policiais Militares, acompanhados das conselheiras e da genitora da vítima se deslocaram até a residência do suspeito, onde o mesmo foi comunicado da denúncia e recebeu voz de prisão, sendo conduzido primeiramente para o Núcleo de Polícia Militar para confecção do boletim de ocorrência.


 Durante a entrevista o mesmo não negou acusação, porém disse ter praticado o abuso somente uma vez.


 Diante dos fatos narrados  o suspeito J.S.S. de 49 anos, que não possui passagens criminais, foi conduzido para Delegacia de Polícia Civil de Rio Branco, onde outras providências pertinentes ao caso foram tomadas.

Comentários