Agronegócios


 TRAFICANTE CAPOTA CARRO ROUBADO CARREGADO COM 700 KG DE MACONHA, AO TENTAR FUGIR DO DOF NA FRONTEIRA


Ao ver que seria abordado e preso o suspeito empreendeu fuga e acabou perdendo o controle da direção e capotou próximo a fronteira com o Paraguai. um casal que estava batendo a estrada em outro carro também foi preso.



Foto: D.O.F.


Conforme informações da Assessoria de Comunicação do D.O.F., a o fato se deu neste domingo dia 2 de Junho, na região de Indápolis, próximo a cidade de Dourados, em Mato Grosso do Sul.

 Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram na tarde de domingo, um veículo VW Voyage de cor branca e placas de Londrina (PR), roubado e carregado com 700 quilos de uma substância entorpecente, aparentemente maconha.

Foto: D.O.F.
A apreensão ocorreu durante uma abordagem do policiamento para fiscalização na região do Distrito de Indápolis, em Dourados (MS). O condutor, ao perceber a aproximação da viatura do DOF empreendeu fuga, em alta velocidade. Durante o acompanhamento tático, o homem entrou em uma plantação e milho, perdeu o controle do veículo e capotou, o que resultou em danos materiais.



 Questionado sobre a fuga, o condutor, identificado como L. J. S. 26 anos, disse que foi contratado para levar a droga de Dourados (MS) até a cidade de Nova Andradina (MS). Disse, ainda, que pessoas em um veículo VW Fox de cor cinza, com placas de Juiz de Fora (MG) faziam o serviço de batedores de estrada, e que se comunicavam através de ligações de aparelhos de celular. 


Foto: D.O.F.
Uma segunda equipe do DOF foi acionada e abordou o veículo Fox na região do Distrito de Lagoa Bonita, sendo que o veículo era dirigido por C. F. E. D. 27 anos e tinha como passageiras;  I. C. F. (39) – passageira do Fox que dispensou o aparelho de celular na rodovia  na vegetação, às margens da rodovia, que foi localizado pelos policiais, e ainda a outra passageira S. S. S. (21).

Foto: D.O.F.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), para os procedimentos da Polícia Judiciária.






 Fonte: Assecom/DOF/Sejusp

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog