Traficante em fuga capota veículo com mais de meia tonelada de maconha, ao tentar fugir da PRF



 TRAFICANTE CAPOTA VEÍCULO COM MAIS DE MEIA TONELADA DE MACONHA AO TENTAR FUGIR DA PRF


 O veículo que vinha de Mato Grosso do Sul tinha além do condutor de 18 anos também tinha uma menor de 17 como passageira,  que saíram apenas com lesões leves após o acidente


Foto:  Nucom PRF



 A apreensão da grande quantidade de drogas ocorreu  por volta das 02:30 da madrugada deste sábado 22, na BR-163, no Km 69, no município de Itiquira,  sendo realizado pela equipe da PRF que atua na Unidade Operacional 202.



 Os policiais que faziam o trabalho de fiscalização, no Posto Policial , no Km 48, avistaram o veículo Renault Duster de cor preta, que seguia sentido a Cuiabá e decidiram realizar a abordagem de averiguação. 

 Foi dada a ordem de parada ao motorista que ignorou e seguiu em frente em alta velocidade, sendo que de imediato os policiais iniciaram acompanhamento tático, que durou aproximadamente 20 Km.

 Durante o percurso de 20 quilômetros foi observadas várias ações de direção perigosa, com suspeito impedindo a viatura de posicionar-se a sua lateral,  para realizar abordagem.


 Após vários quilômetros percorridos o condutor perdeu o controle da direção saindo da pista e capotando em seguida.


 Os policiais  solicitaram apoio de uma ambulância da Roda do Oeste, que encaminhou o casal até o Pronto atendimento, constatando que houve apenas lesões leves no condutor de 18 anos, identificado como J.N.O. e também a passageira de 17 anos.


Foto:  Nucom PRF


 No interior do veículo foram apreendidos 586 tabletes de maconha, que totalizaram 511,184 kg,   ou seja mais de meia tonelada de drogas que seguia com destino a Cuiabá, conforme revelou o condutor, que teria saído da cidade de Dourados Mato Grosso do Sul.

 Durante a apuração inicial foi constatado ainda que o veículo apresentar a placa clonada sendo proveniente de roubo e estava com placas falsas..

 Diante do flagrante a dupla foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Rondonópolis, onde outras providências foram tomadas.

Comentários