Agronegócios



 POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM QUE MATOU A CUNHADA, COM QUEM TINHA UM CASO AMOROSO HÁ DOIS ANOS, NA ZONA RURAL DE JUINA


 O suspeito informou aos policiais que teria matado a vítima após se encontrar ter relação sexual com a mesma no mato, por ela ter ameaçado revelar ao marido o caso entre eles.



Fotos ilustrativas ( reprodução WEB)/ Ed Raul Valentim

 Um crime brutal foi registrado e desvendado pela Polícia Civil, na zona rural do município de Juína, distante a 735 km, ao Norte da capital Cuiabá,  onde o corpo da vítima foi encontrada e o autor do assassinato foi preso em flagrante.


 Segundo informações da Assessoria da Polícia Civil, na tarde desta segunda-feira dia 1º de julho, os Policiais realizaram diligências para desvendar o desaparecimento de Ana Paula Bulgari, de 28 anos, residente em um sítio naquela região.



 Após a comunicação de desaparecimento da jovem, policiais da Delegacia de Juína receberam informações sobre o possível autoria do crime.


 Durante os trabalhos policiais, antes mesmo de achar o corpo, os policiais tiveram informação do principal suspeito do cometimento do crime era Edimar Mendes Bulgari,,de 32 anos, irmão do marido da Vítima Ana Paula.

 Segundo informações dos familiares Edmar, que é cunhado da vítima, havia retornado por volta das 10 horas da manhã molhado e era o único que tinha saído cedinho, depois que a vítima havia também saído.


Foto ilustrativa ( reprodução WEB)/ Ed Raul Valentim
 Ainda segundo informações da Polícia Civil,   a vítima estava desaparecida desde a manhã de sábado dia 29, depois que saiu do sítio, que pertence aos pais do acusado, irmão de seu marido.

 Durante os trabalhos, os policiais entrevistaram o suspeito, que assumiu a autoria do crime,  revelando que teria matado a cunhada, com quem tinha um relacionamento amoroso há cerca de dois anos.

 O suspeito relatou que no sábado dia 29, combinou de se encontrar com Ana Paula as 7 horas da manhã em um ponto determinado. 

Após se encontrarem seguiram para um outro local onde mantiveram relação sexual, se onde a vítima não retornou com vida.

 Para a polícia o suspeito informou que matou uma jovem devido a mesma ter ameaçado revelar ao marido e a outras pessoas o caso que tinha  com o mesmo.


 Ainda segundo o relato do suspeito aos policiais; a motivação para o crime teria sido o medo que caso viesse à tona, sendo que  o mesmo teria pego um pedaço de madeira e desferido três golpes na cabeça da vítima,  matando a vítima.

 O próprio suspeito indicou aos policiais onde estava o corpo de Ana Paula, que foi encontrado em uma região de mata fechada dentro de um brejo, através de uma ação de busca realizada com a ajuda do Corpo de Bombeiros.


 Peritos trabalharam  realizando os trabalhos periciais de praxe, sendo que o suspeito foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante pelo crime de "feminicídio",  e encontra-se a disposição da Justiça.

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog