Polícia Civil prende homem de 42 anos, após abuso sexual de criança, dentro de PSF, em Porto Esperidião


 POLÍCIA CIVIL SUSPEITO DE 42 ANOS, APÓS ABUSO SEXUAL DE CRIANÇA,  DENTRO DE PSF EM PORTO ESPERIDIÃO
 
 A  menina de apenas 10 anos esperava a mãe sair do consultório médico, aguardando no corredor, onde também estava o suspeito que também aguardava para se consultar.

imagem: ( WEB- denuncie pedofilia é crime)


A Polícia Civil de Porto Esperidião realizou na última quarta-feira dia 25, a prisão de um homem identificado como P.N.R.C., de 42 anos,  por estupro de vulnerável, ocorrido na mesma data no corredor do Posto de Saúde Familiar ( P.S.F.) de Porto Esperidião, distante a 326 Km a Oeste da Capital Cuiabá.

 

 A prisão do suspeito  ocorreu após a os policiais tomarem conhecimento dos fatos, conseguindo também as imagens que registrou o abuso e as características do suspeito.


 O fato ocorreu no corredor da Unidade de Saúde, quando a mãe da vítima, uma menina de apenas 10 anos, entrou para consultar com o médico e o suspeito, também paciente aguardava para ser consultado


 No momento em que a menina ficou no corredor aguardando a chegada a saída de sua mãe o suspeito se aproveito que não tinha ninguém por perto, passando a se tocar intimamente e posteriormente mostrou seu órgão sexual para menina, em seguida se aproximou e passou a tocar na vítima.
Foto: Ilustração

 Quando saíram do Posto de Saúde a criança relatou o fato ocorrido para sua mãe, que rapidamente foi comunicado a Polícia Civil, que iniciou os trabalhos de diligências, conseguindo inclusive as imagens do circuito de segurança, que registraram toda a ação do criminoso.

 As imagens ainda registraram o momento em que a vítima e a mãe saíram do local, sendo seguidas pelo suspeito, que segundo a Polícia Civil pretendia continuar os atos contra menor.


 Em continuidade aos trabalhos já pode identificar suspeito pela imagens os Policiais realizaram as buscas, logrando êxito em localizar o suspeito em uma via pública, ainda nas proximidades da unidade de saúde, região central de Porto Esperidião.
imagem: ( WEB- denuncie pedofilia é crime)

O Suspeito recebeu voz de prisão, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de Vulnerável.


 A prisão teve apoio da Secretaria de Saúde e do Ministério público.


 Durante a confecção do flagrante foi realizada a checagem, onde constatou ainda que o mesmo era procurado pela justiça,tendo mandado de prisão em aberto em seu desfavor pela prática de um homicídio.



Comentários