Agronegócios



CÁCERES- POLÍCIA MILITAR PRENDE DOIS POR AMEAÇAR POPULARES COM FACÃO, PRÓXIMO AO CAMPO DO AREAL

  A ligação 190 informava ameaçavam populares com um facão no bairro Jardim Planalto, sendo abordados um maior e um menor e com eles foi apreendido droga e um facão.

Foto: Ass Com CR-6


  No início da tarde deste sábado dia  9, Policiais Militares de Cáceres, distante a 226 KM a Oeste da Capital Cuiabá, receberam a informação via rádio, através do Ciosp, a informação que um comunicante entrou em contato via 190, informando que no bairro Jardim Planalto, próximo ao campo do Areal, havia três indivíduos com um facão ameaçando populares.


 Diante das informações os policiais se deslocaram para o local e durante as diligências conseguiram abordar dois indivíduos em fundada suspeita na Rua Paulo Freire,  próximo ao local informado pela denúncia.

Foto: Ass Com CR-6

  Conforme o Boletim de ocorrência, durante a abordagem foi realizada busca nos suspeitos, sendo que o maior de idade, identificado como W.B.S. (conhecido como) "Galo Cego", de 37 anos, que já é figurinha carimbada nos álbuns da polícia.

Com este suspeito os policiais localizaram dentro de seu short uma porção média de substância análoga a cocaína e ainda um facão, que conforme denúncia utilizado para ameaçar outras pessoas.


O outro suspeito foi identificado como sendo um adolescente de 16 anos, que não portava neda de ilícito,  mas devido as denúncias e a droga encontrada com seu companheiro também foi apreendido.

 O suspeito e menor juntamente, com o material apreendido foram conduzidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade de Cáceres, onde funciona o CISC, local de confecção do boletim de ocorrência.


 Mesmo algemado, ao chegar dentro da Unidade policial, "Galo Cego" ainda tentou bater sua cabeça contra a parede, com a finalidade de causar lesões, na tentativa de acusar os policiais de lesão corporal, conforme constatado pelos policiais e narrado no B.O.

 Não satisfeito por ser impedido de se lesionar, o suspeito ainda ameaçou a equipe policial enquanto estava sendo confeccionado o boletim de ocorrência.


 Tentando prejudicar os policiais e fazer com que os servidores da segurança  fossem punidos e até mesmo perdessem seus empregos.

 O caso segue agora sendo investigado pela equipe da Delegacia de Polícia Civil de Cáceres, onde o maior e o  adolescente foram apresentados, juntamente coma a droga e o facão utilizado como arma para ameaçar outras pessoas..

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog