Agronegócios





 CARRO FICA DE RODAS PARA CIMA APÓS CAPOTAMENTO NA MT 170, EM CURVELÂNDIA, O MOTORISTA TEVE APENAS ESCORIAÇÕES LEVES

 Ao entrar em uma curva o condutor perdeu o controle do carro, descendo a ribanceira, passando bem próximo ao buraco de uma manilha e também a várias arvores.
Foto: Raul Valentim
 No final da tarde deste domingo dia 10 de novembro, a Polícia Militar foi acionada para atender um acidente, onde um veículo Volkswagen Gol de cor cinza capotou em uma curva da Rodovia MT-170,  distante a cerca de 7 km do  perímetro urbano de Curvelândia.


 A informação chegou através do 190, e de imediato os policiais solicitaram que uma ambulância da Secretaria de Saúde fosse para o local, pois possivelmente o condutor poderia estar ferido.
                       Para grata surpresa de todos, quando a ambulância e a polícia militar chegou ao local, o condutor já não se encontrava e alguns  amigo e conhecidos do motorista relataram que o mesmo havia ido em um veículo de um outro amigo em busca de ajuda, porém havia sofrido apenas alguns arranhões,  maneira popular de descrever escoriações leves.


 O veículo permaneceu sob cuidados de amigos do motorista, enquanto os policiais foram até ao posto médico, em busca do motorista, para coletar informações, sendo que o mesmo não compareceu ao local em busca de atendimento médico.


 Em contato com a Polícia Militar de Curvelândia, o Fronteira Alerta foi informado que até amanhã de sexta segunda-feira dia 11, o motorista não havia comparecido para comunicar o acidente.
Foto: Raul Valentim



O acidente ocorreu por volta das 17:00hs, quando o veículo seguia pela rodovia MT 170, sentido Curvelândia para Lambari d'Oeste e ao adentrar em uma curva, o mesmo passou reto, seguindo para fora da pista.

O carro passou próximo a boca de uma manilha, em um barranco de uma altura de cerca de 5 m e desceu o barranco passando próximo de algumas árvores e ficou de rodas para o alto.



O Fronteira Alerta compareceu ao local e constatou em locuo que o motorista teve muita sorte e que o acidente só não teve consequências mais graves,  devido o mesmo não se chocado com nenhuma árvore à beira da estrada e ainda não ter caído em uma cratera, em um ponto de erosão causado  por passagem de água em uma manilha.

O Boletim de ocorrência não foi registrado devido o não comparecimento do proprietário, onde causou apenas danos materiais no próprio veículo e não afetou outras pessoas como vítimas.

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog