Agronegócios


 POLICIAIS MILITARES DO 17º BPM FRUSTRAM MAIS UM FURTO A BANCO NA REGIÃO OESTE DE MATO GROSSO

  Desta vez foi em São José dos IV Marcos, onde bandidos já havia furado um buraco na parede e destruído o sistema segurança, mas abandonaram  ferramentas para trás e fugiram,  possivelmente avisados da aproximação da polícia


Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6


 No início da madrugada desta segunda-feira dia 18, Policiais Militares da 3ª Cia de São José dos Quatro Marcos, do 17º BPM  CR-6 repeliram mais uma ação criminosa,  onde uma quadrilha estava praticando furto agência do Banco do Brasil e há teriam destruído até o sistema de segurança.




 A informação chegou via 190 onde  uma empresa responsável pela parte de segurança e monitoramento informou ter perdido o sinal com agência.



A informação recebida foi repassada para uma viatura que encontrava-se em policiamento ostensivo nas ruas que se deslocou rapidamente para o local.

 Em menos de 3 minutos policiais chegaram na agência, onde foi realizada a vistoria externa e foi constatado um buraco feito na parede, sendo relatado a empresa de segurança, que acionou o gerente para que também compareceu ao local.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6



Os militares repassaram as informações para outras Unidades solicitando apoio e fechamento das estradas, com bloqueios e solicitaram apoio de outras guarnições onde prontamente foram atendidos.


Durante a vistoria nenhum suspeito foi localizado nas imediações do Banco, sendo que com a presença do gerente também foi realizada a vistoria no interior do prédio, constatando que os bandidos haviam deixado o local as pressas, pelo cenário encontrado, onde mochilas e ferramentas aparentavam terem sidos deixadas às pressas.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6

 A polícia suspeita de que olheiros pertencente a quadrilha, estavam monitorando a aproximação da viatura pelas ruas adjacentes, ao Branco ao Banco do Brasil e possivelmente entraram em contato com os integrantes que estavam dentro do Banco, com isto os mesmos foram alertados e conseguiram fugir antes da chegada da polícia.


 Dentro da agência os policiais constataram que a sala do monitoramento foi invadida através do buraco feito na parede  e os equipamentos de imagens de alarme foram danificados.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6
No local os policiais encontraram mochilas, contendo ferramentas utilizadas pelos criminosos que foram deixadas para trás durante a fuga da quadrilha, sendo que brocas, chaves e outras ferramentas foram encontradas no local.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6

Também foi observado que nem uma outra sala violada pelos bandidos e tanto a sala do cofre como também nos terminais de caixas eletrônicos  estavam intactas.


 Ouça o áudio abaixo da entrevista feita com Sargento Duarte, que participou diretamente da ação.




 São realizadas diligências nas imediações do banco e nas estradas vicinais pelas equipes dos municípios vizinhos porém nenhum suspeito foi preso até a manhã desta segunda-feira

 A polícia desencadeou na semana passada   a operação natal feliz onde o policiamento nos bairros seguem normalmente porém as ações próximas a comércios e agências bancárias foram especificadas

 Nessas áreas são realizadas abordagens e acompanhamento de fechamento e abertura de comércios,  sendo que no horário noturno as rondas são mantidas justamente para prevenir furtos a estabelecimentos comerciais e bancários.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6
   Agência do Banco do Brasil permaneceu isolada sendo repassado o caso a polícia civil Que informou que peritos de Cáceres realizariam os trabalhos periciais na parte da manhã desta segunda dando início as investigações do caso.


Durante o policiamento preventivo a polícia abordou um possível integrante da quadrilha, mas como nada de ilícito foi encontrado em poder do mesmo, legalmente não havia motivos da prisão ou condução para a DP.

A abordagem ocorreu por volta das 23:30 hs, quando um Policial  Militar que encontrava-se de folga passou próximo ao Banco do Brasil e visualizou um indivíduo em atitude suspeita, acionando assim os companheiros que encontravam um serviço, que compareceram ao local.


 Um homem foi localizado não portando nenhum documento, sendo que se dispôs a repassar os dados pessoais como RG e CPF para a averiguação.


 O suspeito foi revistado e nada de ilícito foi encontrado em seu poder, sendo que o mesmo alegou que estaria no local com o objetivo de cuidar da namorada.

 Durante a abordagem a este indivíduo os policiais foram acionados para uma outra ocorrência, onde outros suspeitos teriam disparado a arma de fogo em uma rua no bairro Zeferino 2.


 Diante da situação, onde provavelmente seria uma ocorrência de maior gravidade, inclusive com possibilidade de atentado contra a vida de um inocente  e tendo em vista que com suspeito abordado nada de ilícito foi encontrado, os policiais tiraram uma foto do mesmo para o banco de dados da PM e seguiram para outra ocorrência,  de maior potencial de gravidade.

 No bairro Zeferino 2, local da solicitação, os policiais foram informados por uma família que dois indivíduos em uma motocicleta passaram na rua possivelmente disparando arma de fogo, porém a polícia suspeita que seja escapamento livre da moto que fez um barulho semelhante ao estampido de disparo de armas, mas não descarta que realmente tenha havido disparos na rua.
Foto: Ass Com 17º BPM-CR-6

 Quanto ao Suspeito abordado nas proximidades do Banco do Brasil,  a Polícia Militar repassou a foto do mesmo para Polícia Civil, que também realizará a averiguação para constatar se o mesmo possui algum envolvimento com a tentativa de furto a agência.


 O material foi apreendido e encaminhado para DP que está dando seguimento nas investigações do crime, frustrado pelos Policiais Militares

 Raul Valentim/ Fronteira Alerta

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog