Ação conjunta PF, PRF e PM apreende 300 kg de drogas, que saiu de Comodoro-MT e seguia para o Nordeste





 AÇÃO CONJUNTA PF, PRF E PM APREENDE 300 KG DE DROGAS QUE SAIU DE COMODORO-MT E SEGUIA PARA O NORDESTE

  A PF investigava a saída da droga do município de Comodoro, região de Fronteira com a Bolívia que seguiria para o  Nordeste, sendo  interceptada em Gaucha do norte pelas equipes, 4 homens foram presos.
Foto: Reprodução


 A apreensão da droga ou correu nesta sexta-feira dia 6,  no município de Gaúcha do Norte, distante a cerca de 400 km da capital Cuiabá,  em uma barreira realizada pelas Polícias  Federal, Militar Rodoviária federal, uma Estrada vicinal.




 Os trabalhos para realizarem a interceptação da carga ocorreram durante  as investigações da equipe da Polícia Federal da delegacia de Rondonópolis, que apontavam o transporte de cocaína da região do município de Comodoro para os Estados Nordeste do Brasil.

Com a descoberta de um possível carregamento o que seria transportado a PF acionou a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal, para que deram apoio realizando Barreiras em pontos estratégicos nos municípios de Paranatinga a Gaúcha do Norte, possíveis rotas alternativas que o carregamento passaria, com destino ao Estado de Goiás para chegar a outros estados do Nordeste.
Foto: Reprodução
 Em uma dessas Barreiras localizadas no município de Gaúcha do Norte as equipes da PF, PRF PM conseguiram realizar abordagem de um caminhão baú que transportava a droga em um fundo falso e também a uma caminhonete F-250,  que escoltava a referida a carga.
Foto: Reprodução

 Durante uma vistoria preliminar no baú do caminhão os policiais comprovaram a presença de cocaína, sendo que  quatro suspeitos receberam voz de prisão e juntamente com os dois veículos foram encaminhados para a DPF de Rondonópolis,  onde foi dado continuidade as buscas nos veículos,


 Foram encontrados 300 Kg de drogas, dos tipos pasta base de cocaína e cloridrato de cocaína ,que estavam em tabletes armazenados no compartimento secreto da carroceria, (fundo falso do caminhão).
Foto: Reprodução
 O caso segue sendo apurado pela equipe da Delegacia de Polícia Federal de Rondonópolis que toma outras providências pertinentes ao Crime

Comentários