Agronegócios


  
 PM DE ARAPUTANGA PRENDE HOMEM CRUEL QUE ESPANCOU E FUROU OLHO DE SEU CACHORRO

 A motivação seria o fato do cão ter atacado criação doméstica e comido um leitão, do  sitiante, que por vingança  praticou a crueldade contra o animal.



Foto: Ass Com 17º BPM/ 6º CR/ ed F.A.

 Uma denúncia que chegou o via WhatsApp, no telefone funcional da Polícia Militar gerou uma diligência de averiguação ao local,  onde foi constatado a crueldade praticada contra o animal e a prisão de um homem de 62 anos.


 Entenda o caso.

Por volta das 13:45hs deste domingo dia 29, Policiais Militares da 2ª Cia de Araputanga, pertencente ao 17º BPM/6º CR- Cáceres, se deslocaram até a zona rural, em um sítio na comunidade das Botas, para averiguarem uma denúncia de maus tratos a um animal.


Foto: Ass Com 17º BPM/ 6º CR
 A denúncia chegou via WhatsApp,  funcional da 2ª Cia PM de Araputanga 65 99987-5305, por um homem que recebeu material ( áudios e vídeos) da própria filha do suspeito, conforme consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar.

 Através deste material foi configurado a denúncia de maus tratos praticada contra um cachorro, que teria comido um leitão na propriedade rural do suspeito..


 Dos fatos os Militares se deslocaram até o local, se depararam com proprietário do sítio identificado pelas iniciais A.A.T., de 62 anos, que ao ser indagado a respeito dos fatos, relatou que realmente teria cometido o ato para corrigir o cachorro, que estava matando outros animais do sítio, (porcos).


  O Suspeito relatou ainda que agrediu o animal utilizando-se de uma corda e um alicate velho,  e que o referido animal já havia sido doado para um sitiante vizinho, localizado no assentamento Florestan Fernandes.

Os policiais se deslocaram até o sítio indicado pelo suspeito
 onde tem conversa com novo dono pode constatar que o cachorro estava limpo, o novo dono já havia dado banho ração e água e que animal estava descansando a sombra, indicando que estava sendo bem tratado.


O novo cuidador do animal relatou aos policiais que iria cuidar bem do animal, conforme constatado pela equipe.


 Segundo informações dos policiais que estiveram no local, foi constatado ainda que um dos olhos do animal realmente havia sido furado pelo ato cruel praticado pelo suspeito, que recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o alicate e uma corda que foram apreendidos.

 O caso segue sendo apurado pela Delegacia da Polícia Civil de Araputanga.

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Seguir pelo email

Arquivo do blog