Policiais do GAP do 17º BPM interceptam caminhão roubado em Rosário Oeste, seguindo para a fronteira




 POLICIAIS DO GAP DO 17º BPM INTERCEPTAM CAMINHÃO ROUBADO EM ROSÁRIO OESTE, SEGUINDO PARA A FRONTEIRA
Adicionar legenda


O Bandido ao se deparar com a barreira policial abandonou o caminhão e empreendeu fuga para o mato,  o veículo foi roubado durante assalto a chácara de uma cerâmica, onde o proprietário e sua mãe foram rendidos.



Foto: Ass. Com 17º BPM/ 6º CR-PM



 Por volta de 02:40 hs da madrugada desta quarta-feira dia 15, Policiais Militares do Grupo de Apoio do 17º Batalhão de Polícia Militar, GAP), realizavam mais uma ação preventiva de combate à criminalidade na região de Fronteira, quando interceptaram o caminhão Volkswagen 15190, de cor branca,  que seguia pela rodovia MT 247, sentido a região de Fronteira.





 O caminhão que seguia de Barra do Bugres para Lambari d'Oeste parou bruscamente antes da barreira policial e um suspeito que dirigia o veículo abandonou o veículo e fugiu correndo, para dentro do mato  e não sendo mais visto.


 Durante a checagem nada de ilícito foi encontrado no sistema, porém através de informações  trocadas com Policiais Militares de Rosário Oeste a equipe do GAP recebeu a informação do que o caminhão havia sido roubado por volta das 19 horas naquele município.
Foto: Ass. Com 17º BPM/ 6º CR-PM

  O Fronteira Alerta obteve a informação de que o roubo ocorreu em uma chácara de uma cerâmica, onde o proprietário de 53 anos encontrava-se com sua mãe.
Ilustração ( reprodução Web)
 Segundo relato do mesmo a equipe da Rádio Patrulha, dois criminosos armados chegaram ao local e anunciaram o roubo, rendendo as vítimas.


 Com as vítimas rendidas os bandidos subtraíram dois aparelhos celulares modelo LG K2, uma tv 32 polegadas, duas motosserras, um notebook  e ainda uma motoneta de farol queimado.


 O caminhão foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Rio Branco, onde outras providências serão tomadas, dentre elas a restituição do veículo ao seu legítimo proprietário.


 Caso você sabe de alguma informação que possa levar a recuperação desses outros objetos, bem como também a identificação dos criminosos que participaram do crime ligue 190 ou denuncia também através do 0800 65 3939,  você não precisa se identificar

Comentários