PM de Cáceres estoura boca de fumo, apreende 47 trouxinhas de drogas que estavam debaixo do colchão.




PM DE CÁCERES ESTOURA MAIS UMA BOCA DE FUMO E APREENDE 47 TROUXINHAS DE DROGAS QUE ESTAVAM DEBAIXO DO COLCHÃO



Um usuário foi abordado quando saiu da residência, portando uma trouxinha de entorpecentes e apontou a casa que comprou, mãe e filha estavam no local e foram conduzidas também, mesmo negando terem vendido.



Foto Ass. Com 6º BPM/ 6º CR-Oeste

 Policiais Militares de Cáceres estouraram mais um ponto de comercialização entorpecentes que funcionava em plena luz do dia no bairro Maracanãzinho.


 O fato se deu através de mais uma ação da "Operação Veranun",  realizada por uma equipe de Rádio Patrulha do  6º Batalhão de Cáceres, do 6º Comando Regional Oeste.

  A Equipe realizava policiamento pela Rua dos Periquitos, no bairro Maracanãzinho,  com as atenções voltadas para uma residência denunciada por várias pessoas, como sendo ponto de comercialização de entorpecentes, conhecido popularmente como "boca de fumo".



 Ao passarem em frente à residência os policiais avistaram um homem saindo  do local e ao ver a aproximação da viatura jogou algo ao chão que foi recolhido pelos militares, sendo constatado ser uma trouxinha de substância análoga à pasta base de cocaína.



 Ao ser indagado o mesmo relatou que comprou o entorpecente na referida casa, que já era observada pelos policiais.
                                         

 A equipe se deslocou até a residência apontada pelo usuário, encontrando uma senhora de idade, que ao ser indagada negou ter vendido o entorpecente e autorizando a entrada dos policiais para averiguarem o local.



 Na residência ainda estava outra mulher, filha da senhora que atendeu os policiais, sendo que as duas acompanharam as buscas realizadas no interior da casa.




 Conforme relatado por um dos policiais que participaram da ação,  durante as buscas em um dos quartos os militares encontraram debaixo de um colchão, 47 trouxinhas de substância análoga à pasta base de cocaína.



 Ainda em duas bolsas femininas os policiais encontraram R$ 784,00, em células de diversos valores, principalmente de baixos valores, muito comum em comércio de entorpecentes a usuários.

Ilustração


 No local os policiais apreenderam celulares e alguns aparelhos eletrônicos de origem duvidosa,  com suspeita de que seja produtos trocados por entorpecentes.


 Diante dos fatos o usuário e as duas mulheres (mãe e filha), foram conduzidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido, onde outras providências passaram a serem tomadas.

Comentários