Ação conjunta entre PM e PRF apreende grande carregamento de cocaína pura em Campo Novo do Parecis-MT



 AÇÃO CONJUNTA PM E PRF APREENDE GRANDE CARREGAMENTO DE COCAÍNA PURA EM CAMPO N. DOS PARECIS


 Droga estava escondida num compartimento falso de um caminhão,  dos traficantes preparado como prestador de serviço  de manutenção de redes elétricas, três homens foram presos.



Foto: R.S.W.A.


Foto: R.S.W.A.
 Por volta das 14 horas neste domingo dia 15, uma ação integrada entre o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar de Tangará da Serra, Polícia Rodoviária Federal e Policiais Militares de Campo Novo do Parecis culminou na apreensão de aproximadamente 300 kg de  cloridrato de cocaína, conhecido como cocaína pura.

As investigações apontaram que a droga teria saído da região de Mirassol d´Oeste-MT




Os tabletes de drogas estavam acondicionados em 8 fardos grandes, escondidos em um caminhão na cidade de Campo Novo do Parecis- MT.



Foto: R.S.W.A.

 A abordagem  do falso caminhão de manutenção de rede elétrica, ocorreu quando mesmo abastecia em um posto de combustível, sendo que o homem  dirigia o caminhão estava de uniforme e até crachá falsificado de uma empresa.


Foto: R.S.W.A.

Outros dois homens que davam apoio, possivelmente na escolta ou para bater a estrada também foram presos,  com uma caminhonete Hilux de cor prata com placa de Sapezal, suas identidades não foram reveladas.



Foto: R.S.W.A.
Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para comparecer no local e com utilização de cortador hidráulico a lataria foi aberta de onde foram retirados os 8 fardos de entorpecentes, contendo aproximadamente 300 Kg de pasta base de cocaína, a ser pesado ainda.

 Após ser retirada do local a droga foi pesada e constatou-se 274,5 kg de cloridrato de cocaína pura.


Foto: R.S.W.A.




  A droga estava em um compartimento devidamente preparado de um caminhão Ford Cargo de cor branca, adaptado inclusive com equipamentos de manutenção de redes elétricas, com  cesto  elevadiço, adesivado, para tentar ludibriar a fiscalização policial, "mas mesmo assim deu ruim pra eles"

 O motorista relatou a polícia que apenas dirigia o caminhão e que ganharia 3 mil Reais, e que o dono da droga seria um dos homens presos na Hilux, o suspeito de 27 anos.

Foto: R.S.W.A.


 Não foi informado maiores detalhes a respeito de como a polícia chegou aos criminosos que transportavam a droga, mas  que possivelmente foi através de denúncia anônima  que tenha desencadeado as investigações e na apreensão de mais este grande carregamento de drogas.
Foto: R.S.W.A.
 Os suspeitos, sendo o motorista do caminhão  de 29 anos e os outros dois suspeitos de 27 e 44 anos, juntamente com a droga e veículos apreendidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil em tangará da Serra, onde outras providências foram tomadas.


Há suspeitas que esta carga tenha adentrado ao território brasileiro através de algum avião.


 Em um caso recente, no último dia 7 de março, em uma área rural próximo ao Porto Jofre, em Poconé, a 104 km de Cuiabá,  o ciopaer recebeu informação da FAB, de que um avião cruzava o pantanal em baixa altitude, seguindo da Bolívia para o Brasil.


O piloto rebebeu ordem da aeronave da FAB para seguir e pousar em Cuiabá mas ele pousou em uma pista clandestina e ateou fogo no monomotor, durante as vistoria os peritos encontraram substância entorpecente queimada, que possivelmente seria a carga leva da pelos ocupantes do avião.

 Na aeronave estavam dois homens que após incendiarem a aeronave empreenderam fuga pelo mato, sendo procurados posteriormente pelas equipes policiais da PF, GEFRON e CIOPAER, sem sucesso.

Vídeo: do avião sendo consumindo pelo fogo no momento que as equipes chegaram ao local.
    CIOPAER-MT

O tráfico realizado por aviões como ocorre na região, geralmente leva uma carga entre 300 a 500 kg,  inclusive com apreensões recentes e até mesmo o abandono e a destruição de um deles ao ser interceptado pela FAB, em uma Operação conjunta com Forças de Segurança do Estado de Mato Grosso.


Foto:     CIOPAER-MT

Caso você veja algum avião voando baixo, principalmente em área rural, que não seja avião agrícola, informe a Polícia, você estará ajudando a combater este mal que invade os lares e destrói as nossas famílias. 

 Denúncias
 0800-65-3939 você não precisa se identificar



Comentários