Bebê picada por escorpião é socorrida por policiais militares em Cuiabá




 BEBÊ PICADA POR ESCORPIÃO É SOCORRIDA POR POLICIAIS MILITARES EM CUIABÁ


 A menina de apenas dois anos foi picada durante a madrugada,  e através de um grupo de WhatsApp os policiais foram acionados, levando a criança e a mãe para o hospital
Foto: PMMT


 O lema servir e proteger utilizado pela Polícia Militar do Estado de Mato Grosso mais uma vez foi comprovado em uma situação emergencial, onde uma criança picada por escorpião foi  socorrida para o hospital pelos policiais, que realizavam policiamento protegendo a população e prestaram o Socorro para a família.








 A emergência atendida pelos policiais ocorreu por volta de 2 horas da manhã desta segunda-feira, dia 30, quando através de um grupo de aplicativo chamado os sentinelas a mãe da menina de apenas dois anos pediu por socorro, relatando o fato que a filha havia sido picada por um escorpião.




Através de um vídeo a mãe da criança mostra um outro animal capturado em sua casa, quando a mesma retornou do hospital, sendo da mesma espécie amarela que picou sua filha

                               

 O grupo sentinela do qual participam vários moradores de uma determinada região, dentre eles vários policiais, foi responsável de repassar a informação aos policiais militares da Base do Moinho, que prontamente se deslocaram até o bairro Jardim Universitário, auxiliando a família, que necessitava e levando a menina até o hospital.


  A Equipe de Rádio Patrulha relatou que a menina sofria muito e gritava pela dor causada pela picada do animal, que era de cor amarelo, considerado uma das espécies mais ofensivas e venenosas.


 A mãe da criança conseguiu capturar o animal, informando aos médicos da espécie que havia  picado sua filha, com isto ajudando no procedimento médico a ser adotado pela equipe de saúde do Hospital Municipal de Cuiabá.


 Através das redes sociais a mãe da criança agradeceu aos policiais pelo rápido Socorro realizado a sua bebê




A criança já recebeu alta e foi liberada do hospital.

Comentários