Força Tática apreende mais uma arma de fogo em Cáceres, esta estava dentro de Fiat Uno com 9 ocupantes




 FORÇA TÁTICA APREENDE MAIS UMA ARMA DE FOGO EM CÁCERES, ESTA ESTAVA DENTRO DE FIAT UNO COM 9 OCUPANTES

 Um suspeito dentro de um Fiat Uno de  teria apontado uma arma para pulares na praça da SEMATUR, o veículo foi localizado e a arma apreendida.

Foto Ass Com  FT/ 6º CR




  A ação policial foi realizada através de uma Equipe de Força Tática que realizaram apreensão de mais uma arma de fogo que estava nas ruas de Cáceres.

 O fato se deu após uma denúncia via 190 que chegou ao Ciosp, dando a informação que um indivíduo dentro de um Fiat Uno de cor branca teria apontado uma arma em direção a populares que se encontravam na praça da Sematur.


 Diante das características do veículo e da situação relatada pelas vítimas o fato foi repassado na rede de rádio, onde uma viatura de Força Tática realizava Patrulhamento pela área central e se deparou com o veículo com as mesmas características, que seguia em alta velocidade pela Avenida Sete de Setembro, sentido bairro DNER.


 Foi realizado o acompanhamento Tatico e posteriormente  o referido veículo foi abordado. 

 Os policiais se surpreenderam com a situação encontrada, pois o fiat Uno com capacidade para 5 pessoas parecia mais uma lotação tipo minivan, pois haviam nove pessoas dentro do veículo.


 Uma mulher e dois homens e 6 menores de idades se encontravam dentro do veículo,  que foi revistado pelos policiais.


 Durante a busca veicular um revólver calibre 22 com capacidade para oito munições foi encontrado dentro do porta-luvas um 

Dentro de um compartimento do painel ainda foi encontrada  uma trouxinha de substância análoga a cocaína.

                                                                                                                              

 OUTRA ARMA APREENDIDA

Foto Ass Com  FT/ 6º CR


Saiba mais: clic aqui 


                                                                                                                              

Continuação



 Diante da situação envolvendo menores de idade dentro do veículo os policiais militares entraram em contato com o Conselho Tutelar, para que fosse feito o acompanhamento da ocorrência, sendo que uma mulher informou que o Conselho Tutelar não acompanha em situações envolvendo ato infracional, orientando os policiais que entrassem em contato com a Promotoria.


 O Ciosp entrou em contato com a Promotoria  informando da situação em andamento, obtendo como resposta através de um oficial de gabinete que a promotoria não acompanha situações de ato infracional.

 Diante dos fatos foi confeccionado o Boletim de Ocorrência e todos foram apresentados juntamente  o material apreendidos na 1ª DP,  que passou a tomar outras providências.

Comentários