Força Tática de Cáceres recupera Hilux dublê, roubada em São Paulo, um suspeito foi preso




 FORÇA TÁTICA DE CÁCERES RECUPERA HILUX DUBLE ROUBADA EM SÃO PAULO, UM SUSPEITO FOI PRESO


 O veículo trafegava no centro da cidade com placa falsa de outra caminhonete em situação regular que estava em São Paulo legítimo proprietário


 Na noite deste domingo dia 29, Policiais Militares do Pelotão de Força Tática do 6º Comando Regional de Cáceres, recuperaram mais uma caminhonete roubada, que estava na região de fronteira.


 A recuperação ocorreu na Avenida Sete de Setembro em Cáceres durante o patrulhamento, os policiais avistaram a Hilux de cor preta com placas de Presidente Prudente, São Paul.

Durante a aproximação para a averiguação foi percebido o certo nervosismo do motorista, demonstrado na forma da condução do veículo.


 Ao ser abordado nada de irregular foi encontrado, porém diante da suspeita as informações e dados da caminhonete foram repassadas para o Centro de Operações Integradas de Segurança Pública (CIOSP), para prosseguir nas  chegens e averiguações


 Os policiais de Cáceres conseguiram entrar em contato com a legítima proprietário do veículo, que consta no Sistema Nacional de Registro, conforme placa apresentada na caminhonete e também do documento do que o condutor portava.

 Pelo telefone uma senhora informou que a caminhonete original que pertence a ela estava sua posse no Estado de São Paulo e que veículo abordado em  Cáceres não seria o seu.


 Durante a vistoria minuciosa nos itens de identificação do veículo foi constatado o outro número do chassi e através de nova checagem foi constatado que se tratava de uma caminhonete Hilux de placas DUF-2929-  de São José do Rio Preto, São Paulo, com queixa de roubo ou furto, conforme o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil de São Paulo.


 Diante dos fatos o suspeito de 22 anos, que já possui passagem por tráfico de drogas, recebeu voz de prisão e foi conduzido para 1ª DP juntamente com o veículo, onde outras providências passaram a ser tomadas..

Comentários