PM prende homem que matou esposa a facadas após ser denunciado pela mesma por agressão e estupro, no interior de MT



 PM PRENDE HOMEM QUE MATOU ESPOSA A FACADAS APÓS SER DENUNCIADO PELA MESMA POR AGRESSÃO E ESTUPRO, NO INTERIOR DE MT


 A mulher havia acabado de denunciar o marido por agressão e de ter sido estuprada, e saiu da Unidade Policial, mas quando os policiais preparavam para sair em diligência souberam da morte da vítima,  o homem foi preso numa região de Mato



 Imagem; Reprodução WEB



 Mais uma tragédia contra mulher foi registrada pela polícia na cidade de Novo Mundo, distante a cerca de 785 Km de Cuiabá,  onde a vítima foi morta a facadas pelo companheiro.


 Segundo informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Militar o crime e a prisão ocorreram na manhã desta segunda-feira dia 16 na área Central da cidade.


Horas antes  a vítima esteve  unidade da PM e denunciou o marido por agressão  e estupro, sendo que o mesmo teria imobilizado a companheira com golpe chamado "mata-leão" e na sequência praticou o estupro  contra a mesma.

 A vítima relatou aos policiais que ainda sentia dores pelo corpo e que resolveu denunciar o companheiro pois queria a separação.   A mesma ainda Informou aos policiais que já havia feito uma denúncia contra o companheiro por violência doméstica, quando eles  viviam na capital do Ceará, Fortaleza.

 Foi indagado se a mesma não saberia do paradeiro do companheiro é a vítima respondeu que não, sendo então que a mesma após prestar queixa saiu da Unidade Policial.

Os policiais iniciaram os trabalhos de coleta de informações e quando se prepararam para iniciar as diligências em busca do agressor foram informados do crime de feminicidio, onde a vítima foi morta a facadas pelo marido denunciado.

 O crime ocorreu na área central da cidade e o lado do corpo  da vítima os policiais encontraram a faca deixada pelo criminoso.

 Populares viram que o homem havia adentrado a região de mata e informaram aos policiais, que o mesmo havia se escondido naquela região.
 Imagem; Reprodução WEB
 Foram realizadas diligências e o assassino foi localizado e preso próximo a um córrego  e não esboçou reação.

 Durante a entrevista aos policiais o mesmo simplesmente disse que o relacionamento era conturbado e que perdeu a cabeça.


 O suspeito foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, que passou apurar o caso.

Comentários