Após 3 dias de buscas, PM localiza avião furtado em Matupá, caindo dentro de Mata em Colíder.



APÓS 3 DIAS DE BUSCAS PM LOCALIZA AVIÃO FURTADO EM MATUPÁ, CAÍDO DENTRO DE MATA EM COLIDER

O criminoso que pilotava teria pedido ajuda em uma fazenda e o gerente acabou dando apoio a ele e um passageiro, sem saber que se tratava de bandidos.
Foto: PMMT



  Policiais Militares na região norte, principalmente da cidade de Matupá estavam em busca de uma aeronave furtada do aeroporto da cidade na manhã do dia 21 de Abril.



  Através das diligências os policiais obtiveram a informação de que uma aeronave teria caído em meio à mata na zona rural do município de Colíder.

 Segundo informações repassadas pelo Tenente Coronel PM James Jacinto, Comandante do 15º CR de Peixoto de Azevedo, a aeronave Monomotor Cesna, prefixo PT-JAX, que foi furtado em Matupá foi localizado nesta sexta-feira, dia 24,  na zona rural de Colíder.

 Um informe chegou aos policiais, que um piloto teria pedido apoio numa fazenda na zona rural de Colíder, localidade que é mais próxima da cidade de Terra Nova.

O gerente desta fazenda teria dado apoio ao piloto e seu acompanhante e deixado os mesmos na cidade de Terra Nova, sem saber que se tratava de criminosos.
Foto: PMMT
"Nós conseguimos chegar chegar até a aeronave, porque a gente ficou sabendo que o gerente de uma fazenda tinha tinha dado apoio  e saiu um comentário.

 Felizmente a região é pequena e aí os comentários feitos, foi o que nos ajudou a chegar até a fazenda, chegar no gerente e confirmar que tinha caído aeronave lá. Mas ele não sabia onde que era, só que foi no meio da mata.


Os policiais tiveram realizar as buscas  desde quarta feira até a manhã desta sexta, quando localizaram o avião roubado, que estava inteiro, com muitas avarias e de rodas para o alto, no meio da mata.

 Segundo a Assessoria de imprensa, a Polícia Militar através de seu trabalho já identificou parte da quadrilha e agora com o seguimento das investigações a polícia poderá chegar aos outros integrantes do grupo, que também serão responsabilizados.




 Roubo da aeronave

 Conforme o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, o roubo foi comunicado por volta das 13 horas desta terça-feira último dia 21, de Abril, no aeroporto municipal, localizado na zona rural de Matupá,.

Foto: divulgada pelo grupo de buscas, após o furto da aeronave
Por volta das 10 Hs  um senhor que é o responsável pelo abastecimento e guarda do local, solicitou a presença da Polícia Militar,  onde informou e mostrou que o tanque de combustível do tipo querosene para aviação havia sido mexido, inclusive com algumas mangueiras cortadas e ainda uma boa quantidade de combustível derramada o solo.

Nas proximidades do aeroporto, próximo a grade na parte dos fundos que divide o aeroporto da pista de arrancadão os policiais apreenderam uma mala contendo roupas e uma bomba de transferência de diesel, além de alguns pedaços de mangueiras. 


 Ainda durante as diligências, os policiais obtiveram a informação través do responsável pelo local de que foram furtadas aproximadamente 3000 litros de querosene de dentro do tanque de combustível.



 Por volta das 13 horas o dono do avião procurou os policiais militares,, informando do furto de sua aeronave,  Cesna, prefixo PT-JAX.

 Segundo relato da vítima, o avião foi estacionado próximo ao escritório  volta 10 horas do dia 19 e no dia 20, no período da tarde o mesmo ainda teria passado pela rodovia e avistado aparelho estacionado onde havia sido deixado.


 No dia 21 porém  entre 6 e 7 horas da manhã o mesmo ouviu o barulho de um avião passando por cima da cidade, seguindo sentido ao distrito de União do Norte.


 Após tomarem conhecimento do furto do aparelho as informações foram passadas para várias unidades Policiais, até mesmo da região de Fronteira, que ficaram atentas, porém conforme mencionado acima aeronave acabou caindo em meio a uma mata fechada, na zona rural do município de Colíder, próximo à cidade de Terra Nova.


 Os dois ocupantes aparentemente saíram ilesos, inclusive conseguiram apoio do gerente de uma fazenda que sem saber que tava ajudando aos criminosos, levou as supostas vítimas as vítimas até a cidade de Terra Nova.

 Caso continua sendo investigado pelas equipes da Polícia Civil.

Comentários