Assaltantes sequestram mãe e filho, ficando com as vítimas por cerca de 9 horas no meio do mato, durante roubo de uma caminhonete.10



BANDIDOS SEQUESTRAM MÃE E FILHO, FICANDO COM AS VÍTIMAS POR 9 HORAS NO MEIO DO MATO, DURANTE ROUBO DE UMA CAMINHONETE

 A vítima foi abordada juntamente com sua mãe, as 7:30, numa chácara na cidade de Figueirópolis  D´oeste, sendo levados para zona rural, entre Araputanga e Quatro Marcos,  onde ficaram até as 16:30.

Veículo roubado: foto repassada pela vítima.

 A manhã deste  sábado  18, foi marcado por mais um crime contra pessoas de bem na região de Fronteira, quando uma quadrilha sequestrou mãe e filho,  mantendo-os sob a mira de um revolver em uma região de mato, por mais de 9 horas.


 O fato ocorreu no município de Figueirópolis do Oeste, distante a cerca de 390 km a oeste da capital Cuiabá,  quando o empresário de  de identidade preservada, saiu de sua  casa indo até uma chácara da família para tirar leite.


 Por volta das 7:30 da manhã quando terminava o trabalho, uma motocicleta parou com dois indivíduos, onde um deles de posse de um revólver anunciou o assalto, levando a vítima para dentro da residência, rendendo também uma senhora, mãe  do empresário.


 Segundo relato da vítima que entrou em contato com Fronteira Alerta, os criminosos roubaram ainda uma motosserra, frangos que estavam no freezer e um iPhone.

 Na sequência um dos criminosos entrou na caminhonete juntamente com o empresário e sua mãe e seguiram sentido  a cidade de Indiavaí, com o outro suspeito que seguiu de motocicleta logo atrás da caminhonete.

Os suspeitos passaram por esta cidade e foram para uma área de mato próximo ao distrito de Água Clara, onde as vítimas permaneceram sob a vigilância de um dos criminosos,  enquanto o outro retornou com a caminhonete até a cidade de Indiavaí para abastecer o veículo,  sendo uma S-10 de cor cinza de placa OBH 401, 2014/2015.


  Na sequência ao retornar ao local onde estavam as vítimas os suspeitos colocaram a motocicleta vermelha aparentemente CG na carroceria da caminhonete, seguindo sentido a região da Barra Clara,  que fica na área rural entre os municípios de Araputanga São José dos Quatro Marcos e Glória do Oeste.



Em um determinado local as vítimas foram obrigadas a descerem do veículo,  e entrarem dentro de uma área de mato, acompanhadas de um dos criminosos que estava armado,  enquanto o outro suspeito saiu com a caminhonete tomando rumo ignorado.

Ilustração WEB
 As vítimas ficaram o dia inteiro no local com um dos suspeitos até por volta das 16:30, quando uma motocicleta que as vítimas não sabem dizer cor e nem modelo, devido estarem ainda no meio do mato, parou na estrada, para dar apoio outro criminoso,  que deixou o local tomando rumo ignorado.

 Na sequência as vítimas seguiram pela região de mato até chegarem a uma propriedade, onde pediram auxílio a uma moradora,  que ligou para Polícia.

 No final da tarde a Polícia Militar recebeu essa ligação, porém devido estava muito ruim não foi possível obter a informação exata da localização de onde partiu a ligação, para localizar a vítima ainda na área rural, bem como também poder tomar outras medidas para interceptar os criminosos.


 Mesmo assim guarnições de Araputanga, São José dos Quatro Marcos e Glória do Oeste foram acionados para realizarem diligências na área rural, sendo que não conseguiram obter êxito em localizar as vítimas.

 Segundo as informações repassadas pelo empresário ao Fronteira Alerta, eles não sofreram agressões e  pós receberem ajuda seguiram primeiramente para Indiavaí e depois para Figueirópolis, onde o Boletim de ocorrência foi Registrado.


Quem tiver alguma informação que possa levar a identificação dos criminosos, bem como a recuperação desta caminhonete,  
ligue 190 ou 197  e faça a denuncia, você não precisa se identificar.



 O fato continua sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil da cidade de Jauru, que passou a tomar outras providências pertinentes ao caso.

Comentários