Comerciante é cruelmente assassinado a pauladas em Várzea Grande


 COMERCIANTE É CRUELMENTE ASSASSINADO A PAULADAS EM VÁRZEA GRANDE

 As primeiras informações obtidas pela polícia é que o crime  ocorreu ainda durante a noite de ontem,  após ou durante um churrasco que teve nos fundos de sua empresa, onde o mesmo foi morto.


 Viaturas da Polícia Civil e Politec, em frente ao local onde ocorreu o assassinato da vítima
Foto: Reprodução: WEB



 Por volta das 10:15 da manhã deste sábado dia 18, a Polícia Militar foi acionada via 190, través do Ciosp, onde foi relatado de um homicídio ocorrido no bairro Joaquim Curvo, ao lado do bairro Cristo Rei em Várzea Grande.


 O corpo do comerciante Manoel Florentino Lopes dos Santos de 56 anos, foi encontrado por familiares ao lado de um veículo em um quintal,  nos fundos de um pregão pertencente a vítima, 


 Segundo informações do Delegado titular da DHPP Caio  Albuquerque, repassadas à imprensa,  o corpo da vítima foi encontrado com  uma lesão na parte frontal da cabeça, inclusive com afundamento da região ocular.


 Ainda segundo informações do delegado, foi apurado que na noite anterior ocorreu um churrasco no local, onde estavam reunidas várias pessoas, sendo esta a base para as primeiras informações que a polícia possar a iniciar os trabalhos.

Primeiramente para identificar essas pessoas, obtendo assim mais esclarecimentos que possam levar a sequência dos fatos que vitimou o empresário.

 Segundo informações de familiares que estavam no local, mas preferiram ficar no anonimato, o Sr Manoel foi vítima de um roubo ocorrido há cerca de 40 dias, onde foi inclusive amarrado e teve vários pertence subtraídos por criminosos.
Viatura do IML que removeu o corpo da vítima
 Reprodução WEB

 Ainda segundo o delegado Caio Albuquerque,  este fato possivelmente não se encaixa com relacionamento ao crime ocorrido nesta noite, onde nada foi subtraído da vítima, que caracterize roubo seguido de morte ( latrocínio).

 Mas o mesmo também salientou que ainda não está descartada a possibilidade de alguma ligação entre o fato ocorrido e a morte do empresário, mas com cautela a polícia passa a investigar o caso para chegar até o autor deste crime.




O local foi periciado pela equipe da Politec e posteriormente o corpo da vítima foi removido do local pelo título do Médico Legal, onde passará por exames antes de ser liberado para familiares providenciarem o sepultamento.


 Próximo ao corpo ainda foi encontrado um pedaço de madeira ( caibro), utilizado pelo assassino, inclusive com marcas de sangue da vítima.

 Foi constatado pela polícia que o HD que registra as imagens das câmeras instaladas pelo local foi furtado de dentro da empresa, onde o criminosos adentrou, para não deixar as imagens que possivelmente gravaram o crime e o assassino.

 Caso você sabe de alguma informação que possa ajudar a esclarecer Esse creme você pode denunciar através do 197 Polícia Civil

Comentários