Comerciante é morto em possível tentativa de roubo durante a noite em Cáceres



 COMERCIANTE É MORTO EM POSSÍVEL TENTATIVA DE ROUBO DURANTE A NOITE EM CÁCERES


 O corpo da vítima foi encontrado pela esposa  ao amanhecer do dia com um tiro nas costas e segurando seu revólver, com o qual possivelmente ainda teria tentado se defender.

Foto: Colaborador do F.A.

O crime foi comunicado no início da manhã desta sexta-feira dia 24, por volta das 5:45 da manhã quando a Polícia Militar foi acionada para atendimento de uma ocorrência na qual um comerciante do bairro Vila Real estaria caído, aparentemente sem vida,  em frente a sua residência.


Prontamente uma equipe de Rádio Patrulha em uma Unidade de resgate do corpo de bombeiros se deslocaram para Avenida Europa no bairro Vila Real, ao lado do mercado Real, de propriedade da vítima,  identificada como  Carlinho Dias Campos de 50 anos.

Foto: Colaborador do F.A.

 Segundo  o relato da esposa do comerciante, a mesma que toma remédio para dormir não ouviu e nem viu nada durante a noite e apenas ao acordar pela manhã encontrou o seu esposo,  no local onde morreu.

No local os Policiais se depararam com a vítima caída de cúbito ventral, com um ferimento nas costas, possivelmente de prójétil de arma de fogo e segurando um revolver, pertencente ao mesmo.


 O local foi isolado e a Polícia Militar e acionou a Polícia Civil onde compareceram também a Politec e o IML, para realizar as primeiras coletas de informações e perícias
Foto: Colaborador do F.A.


 Uma das linhas investigação, e de acordo com a cena do crime,   seria que possivelmente o comerciante, dono do mercado Real ao lado de sua residência, teria regido algum assalto durante a noite, onde acabou sendo assassinado.


 O fato segue sendo investigado pela equipe da 1ª DP,  que apura mais este homicídio ocorrido na região


 Caso você saiba de alguma informação que possa contribuir para elucidação do caso, ou na identificação dos criminosos,  denuncie através do 197 ou  pelo 0800-065-3939.

 Você não precisa se identificar para ajudar a esclarecer mais este crime

Comentários