Forças de Segurança agem rápido e libertam 4 padres, uma enfermeira e prende 4 criminosos em Cáceres.



FORÇAS DE SEGURANÇA AGEM RÁPIDO E LIBERTAM 4 PADRES, UMA ENFERMEIRA E PRENDE 4 CRIMINOSOS EM CÁCERES.


Dois veículos foram interceptados quando seguiam para a fronteira, e criminosos presos dentro do seminário, onde espancaram as vítimas, mantendo os padres e a enfermeira como reféns.
Foto: 6º CR-Oeste



A ação integrada em Cáceres foi realizada na noite desta sexta-feira santa, 10 de abril e mobilizou Policiais Militares da Força Tática, Ari e Rádio Patrulhas do 6º CR, Agentes da DEFRON e Patrulheiros da PRF.

Um bloqueio de abordagem e averiguação foi montado no Posto da PRF, na BR 070, sentido saída para Pontes e Lacerda, justamente para coibir crimes e a passagem de veículos roubados ou furtados,  que seguem pela rodovia, um dos principais corredores destes carros que seguem para a fronteira.


Por volta das 19:40 uma Picape Fiat Toro e um Fiat Argo, ambos de cor branca, furaram um bloqueio policia nas proximidades do Posto de PRF, desobedecendo as ordens de parada, dada pelos policiais da Força Tarefa. 

Imediatamente os policiais iniciaram o acompanhamento Tático e acionaram os Policiais Militares do NPM do Distrito de Caramujo, para também realizarem um bloqueio policial e tentarem abordarem os veículos.
Foto: 6º CR-Oeste
Os suspeitos mais uma vez romperam este bloqueio, se separando logo à frente, sendo que a picape Toro seguiu pela MT 170 sentido  Curvelândia e após alguns quilômetros o suspeito abandonou o veículo e foragiu para dentro do mato.
 Foi realizado diligências ma´o mesmo não foi localizado até a manhã deste sábado.


O Fiat Argo seguiu sentido a Porto Esperidião e após cerca de 20 quilômetros o condutor acabou perdendo o controle da direção, capotou o veículo e também se evadiu antes da chegada da Polícia.

 Diante dos fatos os policiais suspeitaram de uma possível ocorrência com vítimas em cárcere privado, e pelo sistema conseguiram o endereço do proprietários dos veículos e equipes acionaram as Unidades de Rádio Patrulhas do 6º BPM para averiguarem a situação.
Foto: 6º CR-Oeste
 Quando chegaram ao seminário da igreja Católica , local do roubo, no bairro massa Barro, s policiais puderam ouvir choros e gritos vindo de dentro do local, sendo dado ordem para que os criminosos se rendesse  pois a casa estava  cercada.

Ao fazerem o cerco um suspeito tentou fugir pelo fundo do local, mas foi detido e preso pelas equipes, com ele foi apreendido um simulacro de pistola.


Foto: 6º CR-Oeste
Dentro da casa  as equipes prenderam mais dois suspeitos, um deles estava com uma munição cal 380 intacta e outra deflagrada. 


Três padres estavam como reféns, em outro local do imóvel, sendo que todos apresentavam lesões  e estavam em estado de choque pelo trauma e agressões sofridos.

Um outro criminoso que mantinha um padre e uma enfermeira como reféns, numa construção anexa, ao lado conseguiu fugir, ao ver os policiais prendendo seus comparsas.



Foto: 6º CR-Oeste
O padre de idade avançada que estava acamado, sofre com mal de parkson e a enfermeira que cuidava dele estavam na mira deste 4 criminoso, que conseguiu se embrenhar no mato e fugir.


As vítimas foram espancadas e torturadas pelos criminosos, tendo que repassarem senhas de Bancos e celulares.

Ainda em continuidade  diligências por outras equipes em busca dos suspeitos que abandonaram os veículos, mais um  integrante da quadrilha foi preso, o mesmo dirigia o Fiat Argo que capotou durante a fuga.



Graças a intervenção da Forças se Segurança, que agiu de forma integrada, dos seis criminosos que participaram do roubo 4 foram presos, sendo 3 dentro da casa e um ultimo na BR, próximo ao local onde o mesmo capotou o Fiat Argo, que capotou ao fugir da polícia.

Resultado da intervenção policial; 

5 reféns libertados das mãos dos criminosos
4 criminosos presos em flagrante
2 veículos recuperados
2 televisores,
1 rocadeira Still
1 caixa térmica
 R$ 769,50 Reais recuperados.


 Prisões
Foram presos 4 suspeitos de aproximadamente 25 anos.

Foram apreendidos:

1 simulacro de pistola
2 munições calibre 380, (uma intacta e outra deflagrada).

 Suspeitos e materiais apreendidos encaminhados para a DP, que está tomando outras providências.

Comentários