PM frustra assalto, liberta reféns e prende dois suspeitos em Livramento



 PM FRUSTRA ASSALTO, LIBERTA REFÉNS EM LIVRAMENTO, DOIS SUSPEITOS FORAM PRESOS

Os policiais da unidade local contaram com o reforço de equipes da Força Tática de Várzea Grande, Batalhão Rotam e do helicóptero Águia do Ciopaer
Foto: PMMT
                                                                                                                                                                                               
Publicidade: 
EM TEMPO DIFÍCEIS CONTE CONOSCO, POIS O AGRO NÃO PARA E NÓS TAMBÉM NÃO PODEMOS PARAR

SEMPRE AO LADO DO HOMEM DO CAMPO


                                                                                                                                                                                               

Os fatos:
Fonte:  Secom-MT
Por Alecy Alves |
Foto: PMMT
Policiais da 6ª Companhia de Polícia Militar de Nossa Senhora do Livramento (45 km de Cuiabá) frustraram um assalto à agência dos Correios, prenderam dois suspeitos (ambos homens, de 22 anos) e libertaram quatro pessoas, cliente e funcionários, que estavam sendo mantidas reféns.

A ação ocorreu na tarde desta quinta-feira (23), por volta das 13h30. Os policiais da unidade local contaram com o reforço de equipes da Força Tática de Várzea Grande, Batalhão Rotam e do helicóptero Águia do Ciopaer (Centro Integrado de Operações Aéreas).

A primeira equipe da PM chegou ao local minutos após o sistema de monitoramento da agência disparar o alarme. Os ladrões, que ainda estavam na agência, foram impedidos de sair como o cerco formado pelos policiais da 6ª Companhia. Logo depois as demais esquipes chegaram. Os suspeitos pediram a presença da imprensa, mas acabaram se rendendo.

Além de apreender duas armas de fogo, uma pistola e um revólver 38, de recuperar o dinheiro que levariam da agência, a PM descobriu que a motocicleta usada pelos suspeitos, uma Honda XRE300 de cor branca, é produto de roubo. Também descobriu que eles são moradores do bairro 15 de Maio, em Várzea Grande, e que ambos têm passagens criminais por roubo e tráfico. Um tem quatro e o outro tem sete prisões.

Nenhum refém sofreu lesão e os suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. Eles podem responder pelos crimes de roubo (artigo 157), receptação (artigo 180), entre outros.

Comentários