Tentativa de suborno; Homem oferece um boi para não ser preso mas terá que dar uma Boiada para sair do enrosco.



TENTATIVA DE SUBORNO; HOMEM OFERECE BOI PARA NÃO SER PRESO, MAS TERÁ QUE DAR UMA BOIADA PARA SAIR DO ENROSCO

 O ex-presidiário com alvará de soltura do mesmo dia se envolveu em um acidente, onde foi constatado estar embriagado e com veículo Furtado, ainda caiu na asneira de oferecer  suborno aos policiais.


Foto: PMRV -SC

 O fato ocorreu na noite dessa quarta-feira dia 15, por volta de 21:00 hs, durante o atendimento de uma ocorrência de acidente de trânsito, onde um veículo teria saído da pista na  rodovia SC-163,  no município de Descanso-SC.

Uma Equipe da Polícia Rodoviária Estadual esteve no local do acidente, constatando a saída de pista de um veículo de passeio Vectra de cor branca, com emplacamentos do município de Descanso Santa Catarina.

 O condutor não foi localizado no local mas durante as buscas o homem de 30 anos natural do Rio Grande do Sul foi encontrado nas proximidades, confirmando se ele o motorista do veículo.

 Durante a abordagem foi constatado que o homem estava em visível estado de embriaguez alcoólica, com sintomas sendo comprovados através do teste de alcoolemia, popular bafômetro.

 Com ele ainda foi encontrado um alvará de soltura da Unidade Prisional Avançada, datada do dia 15 quarta-feira, ou seja mesmo dia.



 Durante a checagem do veículo nada de irregular foi constatado no sistema, porém os policiais entraram em contato com o proprietário através do telefone, onde o mesmo relatou que até aquele momento não havia percebido o furto de seu veículo que estava estacionado na garagem de sua casa.

 Diante dos fatos e ainda não satisfeito com tantas asneiras cometidas  o suspeito ainda acabou oferecendo um boi para os policiais não darem segmento ocorrência e o liberassem no local.

  A tentativa de suborno não deu certo, onde os policiais ratificaram ontem de prisão acrescentando mais essa tentativa frustrada do criminoso, que voltou para trás das grades e agora terá que gastar no mínimo bem mais do que o valor de um boi, talvez até de uma Boiada, para bancar com as custas dos danos causados ao veículo e também do novo processo referente aos crimes praticados por ele em seu primeiro dia de liberdade.

 O veículo foi encaminhado é posterior devolução ao seu legítimo proprietário

Comentários