Jovem esfaqueado em IV Marcos, não resiste aos ferimentos e morre durante socorro médico no hospital.



JOVÉM ESFAQUEADO EM IV MARCOS NÃO RESISTE AOS FERIMENTOS  E MORRE DURANTE SOCORRO MÉDICO NO HOSPITAL

   A vítima estava caída ferida em frente a própria residência e foi socorrido por familiares, porém foi a óbito quando estava sendo estabilizado para ser encaminhado para Cáceres.


Foto: Reprodução Facebook


 A Polícia Militar foi acionada por volta de 01:20 da madrugada deste domingo dia 17, para comparecer ao Hospital Municipal, devido um homem ter dado entrada com ferimentos aparentemente de arma branca ( faca), naquela unidade hospitalar.


  Uma Equipe de Rádio Patrulha ( RP),de serviço  se deslocou para o local onde um senhor se apresentou com o pai da vítima identificada como Paulo Gabriel Gaeta Cassiano de 22 anos.



 Esse senhor relatou aos policiais que estava com sua família na casa de um tio da vítima e que em determinado momento foram embora para sua residência e a vítima ficou para trás.


 Algum tempo depois,  o mesmo foi chamado por populares que estavam na rua, pois seu filho estaria caído em frente a sua residência com perfuração no abdômen, aparentemente de arma branca tipo faca.


De imediato os  familiares socorreram o filho até o pronto atendimento, onde a vítima recebeu os primeiros atendimentos porém não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito.

 Ainda segundo informações obtidas pelo Fronteira Alerta, a vítima já estava sendo colocada dentro de uma ambulância para ser removida para Hospital Regional em Cáceres, porém seu quadro se agravou muito durante e durante a tentativa de estabilizar seu quadro para ser encaminhado o mesmo acabou não resistindo e foi a óbito.


 O pai da vítima, assim também como nenhuma outra pessoa soube informar o que de fato ocorreu com filho,  não havendo até o momento nenhum suspeito ou mesmo motivação para o crime.


 O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, que passa a investigar o caso.

 Se você tiver alguma informação que possa auxiliar a polícia a esclarecer esse caso, como também identificar o assassino ligue 197-  ou 190 e faça sua denúncia

 Você não precisa se identificar e o Anonimato é sua maior segurança. 

 Você também pode denunciar através do 0800- 65 3939 
Disque Denúncia da Polícia Militar

Comentários