Operação da Polícia Civil combate o transporte de entorpecentes na rodoviária da Capital


Foto: Assessoria/Polícia Civil-MT





Assessoria/Polícia Civil-MT



Uma grande quantidade de entorpecente foi apreendida pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (12.05), na operação “Fronteira Fechada”, deflagrada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), na rodoviária da Capital.  Em abordagens distintas, duas pessoas (um homem e uma mulher) que transportavam as drogas em suas bagagens foram presas em flagrante.

Segundo o delegado titular da DRE,, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a operação tem o objetivo de realizar a fiscalização e abordagem de passageiros com intuito de inibir a entrada e o transporte de substâncias ilícitas na capital mato-grossense e no interior do estado.

“Através dos trabalhos conseguimos apreender mais de 30 peças de entorpecentes, entre  maconha e skank (supermaconha) que seriam comercializados nas cidades de Várzea Grande e Juína”, disse o delegado.


Foto: Assessoria/Polícia Civil-MT


Em uma das abordagens uma jovem, de 20 anos, foi flagrada em posse de 14 peças inteiras e um pedaço médio de Skank (super-maconha) que eram transportados dentro de uma bolsa colorida. Ao ser abordado, a suspeita apresentou documento falso, porém posteriormente teve o verdadeiro nome identificado.





Em checagem no sistema, os policiais descobriram que ela estava com mandado de prisão em aberto expedido pela comarca de Alto Garças. Segundo as informações, a droga transportada pela suspeita veio de Mato Grosso do Sul e seria comercializada em Várzea Grande.

Diante do flagrante, a jovem foi conduzida a DRE, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e uso de documento falso, além de serem realizados os procedimentos de praxe para cumprimento do mandado de prisão.


Foto: Assessoria/Polícia Civil-MT


Em outra fiscalização, os policiais realizaram a abordagem de um passageiro que carregava uma mochila apenas com uma peça de roupa. Questionado se possuía outra bagagem no compartimento de carga do ônibus, o abordado negou, porém o fato foi desmentido após os policiais descobrirem outra bagagem devido a etiqueta com a mesma numeração da mochila do suspeito.

Em checagem na bagagem, os policiais encontraram 19 tabletes de maconha acondicionados dentro de uma caixa de papelão. A droga seria transportada pelo suspeito até a cidade de Juína. Depois de ser descoberto, o suspeito foi conduzido à DRE, onde após ser interrogado, foi lavrado o flagrante por tráfico de drogas.

“As diligências serão intensificadas na rodoviária de Cuiabá, com objetivo de reprimir o transporte de drogas em todo estado”, disse Vitor Hugo.




Comentários