Operação Ordenha cumpre 16 mandados judiciais em várias cidades da Fronteira




OPERAÇÃO ORDENHA CUMPRE 16 MANDADOS JUDICIAIS  VÁRIA CIDADES DA FRONTEIRA FRONTEIRA



Os trabalhos se concentraram nas cidades de Araputanga, M. d’Oeste, Porto Esperidião e São J.Q. Marcos, resultantes da investigação de envolvidos em roubos de veículos e homicídios.


Foto: R.S.W.A.



Conforme informações da Assessoria de Comunicações da  Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira, 22 foi deflagrada a Operação Ordenha, através da Delegacia de Polícia Civil do do município de São José dos Quatro Marcos (315 km a oeste de Cuiabá).

 A Operação ‘Ordenha’ iniciou  ainda era madrugada quando as equipes de investigadores da Polícia Civil, Defron e Policiais militares se reuniram para receberem as orientações e os mandados a serem cumpridos pelas equipes.

Ao todo 16 mandados judiciais de prisões preventivas e de buscas e apreensões foram expedidos para serem cumpridos, e são frutos de investigação de crimes relacionados ao roubo de veículos e homicídios ocorridos na região. 

Os mandados serão cumpridos nas cidades de Araputanga, Mirassol d’Oeste, Porto Esperidião e São José dos Quatro Marcos.

Coordenada pelo delegado de Polícia, Edson Pick, a operação é resultado de uma investigação iniciada em setembro de 2019, quando ocorreu um roubo de veículos com restrição de liberdade das vítimas. Sob ameaça, homens armados roubaram veículos em uma propriedade na comunidade de Caeté, zona rural de São José dos Quatro Marcos.

A partir da investigação do roubo na comunidade rural, a Polícia Civil do município levantou diversas informações e chegou à identificação de alguns suspeitos que estavam ligados a outros crimes ocorridos na região.

A operação Ordenha contou com apoio de equipes policiais das Delegacias de Mirassol d’Oeste e de Porto Esperidião, da Delegacia Especial de Fronteira (Defron) e do 17º Batalhão da Polícia Militar.

 Fonte:  Polícia Civil-MT

Comentários