Policial da inteligência é confundido como bandido e morre baleado por companheiro da Força Tática, em Cuiabá



POLICIAL DA INTELIGÊNCIA É CONFUNDIDO COMO BANDIDO E MORRE BALEADO POR COMPANHEIRO DA FORÇA TÁTICA, EM CUIABÁ

 Dois policiais à paisana realizavam abordagem ao suspeito num posto de combustíveis e foram confundidos pela Força Tática,  o soldado foi  alvejado, socorrido mas infelizmente foi a óbito.





Imagem: R.S.W.A. ed. F.A.

 O fato ocorreu na noite desta  quinta-feira dia 28, por volta de 21:40 num posto de combustíveis, localizado no cruzamento da Avenida Mato Grosso com Avenida Historiador Rubens de Mendonça ( Av do CPA), em Cuiabá


 Segundo informações repassadas pelo oficial da Força Tática, que comandava a equipe, a Guarnição estava em apoio a outras unidades após ter recebido via rádio informação do acompanhamento de quatro motocicletas na área central de Cuiabá, onde policiais do 1º Batalhão da ROTAM tentaram realizar o cerco aos suspeitos.

 Durante o patrulhamento realizado na Avenida do CPA no cruzamento com a Avenida Mato Grosso, os policiais avistaram dois suspeitos em uma moto abordando outro motociclista.

 Segundo oficial da Polícia Militar da Força Tática o mesmo avisou dos suspeitos com arma em punho apontando para o outro que já se encontrava em posição de rendição.

 Ainda segundo o oficial mesmo que disse que verbalizou para que os suspeitos soltaste as armas, oque não foi feito e que então temendo pela segurança e integridade física a guarnição e o da possível vítima, os policiais realizaram o suspeito.

 Após ser alvejado ou até então suspeito, identificou como policial militar do setor de inteligência, lotado na 21ª companhia de Polícia Militar,  que fica no centro histórico de Cuiabá.

Prontamente a equipe da Força Tática ao ver o terrível engano colocou o policial  dentro da viatura saiu correndo para o Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.  O soldado Azevedo ainda chegou a ser levado para uma sala de cirurgia, porém não resistiu os ferimentos e acabou vindo a óbito.
Imagem: R.S.W.A

Ricardo Ferreira de Azevedo, de 36 anos, conhecido como soldado Azevedo,  trabalhava à paisana, devido  pertencer a equipe de inteligência,  era casado e deixa três filhos.

O policial que estava em trajes civis,  juntamente com outro companheiro do setor de inteligência  e participava de uma ação junto com policiais do 1º BPM e da Rotam, atrás dos suspeitos que estavam nas motocicletas.


O vídeo do circuito de segurança mostra toda a ação ocorrida no posto de combustíveis.



 Vídeo com legendas.



 O Soldado Azevedo passou na avenida e adentrou ao posto, abordando um motociclista, que não era o alvo. os verdadeiros suspeitos estavam do outro lado.

Quando os policiais se aproximaram do susposto suspeito e realizavam a abordagem, a viatura da FT que estava na Avenida, aguardando o semáforo abrir, retornou e chegou ao local.


 Os dois policiais foram confundidos e o Soldado Azevedo teria sido alvejado. Após isto, a equipe de FT verificou que se tratava de companheiros de farda que estavam em missão, e prontamente socorreram a vítima, na própria Viatura Policial.

 No local o companheiro da Vítima permaneceu, com sua arma e a do companheiro, sendo que uma Rádio patrulha chegou ao local e em seguida outra Viatura da Rotam também chegou ao posto de combustível.

 Os verdadeiros suspeitos tentaram fugir, mas foram presos pelos policiais da Rotam, que foi informada por uma testemunha que os dois suspeitos estavam saindo do local.


A Polícia Militar emitiu uma nota e pesar, lamentando pelo trágico incidente envolvendo as equipes.

 O fato está sendo apurado pela corregedoria e todas as providências estão sendo tomadas.




Comentários