Ação conjunta Gefron e FTs do 6º e 7º CRs, desarticula quadrilha de assaltantes, recupera picape e prende quatro suspeitos


 AÇÃO CONJUNTA GEFRON E FTS DO 6º E 7º CR/PM, DESARTICULA QUADRILHA DE ASSALTANTES, RECUPERA PICAPE E PRENDE 4 SUSPEITOS


 A picape estava chegando em Porto Esperidião, sendo preso o motorista e depois um atravessador, já em Cáceres um homem e uma mulher também foram presos .


Fotos: GEFRON/ FT 6º CR Ed F.A.




 Em época de pandemias, podemos dizer  que as pessoas  sofrem duas vezes, uma pela ameaça do COVID-19 e outra pelos atos criminosos, que não pararam.


 Dessa vez um idoso de 70 anos foi vítima de Cáceres privado e sequestro, depois do roubo de sua caminhonete, Fiat toro de cor azul, no município de Cáceres Logo, no início da noite.


 O fato foi descoberto por volta das 23:00 horas, quando uma ligação via 190, relatava que um comunicante queixava-se que seu pai havia desaparecido com a caminhonete e que possivelmente havia sido vítima de algum roubo.


 Segundo relatou o comerciante  aos policiais, por volta de 20:50 o mesmo, juntamente com seu pai ( um idoso de 70 anos, estava em sua distribuidora de bebidas,  quando o idoso resolveu voltar para  sua residência e o comunicante e permaneceu na distribuidora.

 Já por volta de 23:15 o comunicante foi para sua casa e constatou que a caminhonete Fiat Toro, de cor azul, pertencente ao seu pai não estava na garagem, assim como também deu por falta de um aparelho de TV da sala e ainda não  encontrou o idoso, que deveria estar na residência.

O comunicante também informou aos policiais que juntamente com seu pai desapareceu uma carteira Contendo a documentação especiais cheques e cartões de banco.


 Ao ser informada do possível roubo, prontamente a equipe policial do 6º Comando Regional de Polícia Militar em Cáceres, se deslocou para atendimento de ocorrência, repassando imediatamente as informações para Base do Gerfron, localizado no Porto Esperidião, possível rota de fuga dos criminosos, que em situações como esta, atravessam os veículos para Bolívia.


 Ao receber a informação do roubo ocorrido em Cáceres a base do Gefron irradiou para todas as unidades realizavam Patrulhamento na região de Fronteira.


  Uma equipe do gefron juntamente com outra equipe de força tática do 7º  comando regional   montou um ponto de vigilância e bloqueio na BR 174, onde avistou a caminhonete seguindo em alta velocidade sentido cidade de Porto Esperidião.



 Foi realizado o acompanhamento, onde o condutor abandonou o veículo e correu para o mato, mas foi localizado e preso logo em seguida.

  Aos policiais o mesmo informou que estaria ganhando R$ 1500,00  para levar o veículo,  que pegou em Cáceres até Porto Esperidião.

Foto: GEFRON/


 O suspeito também revelou aos policiais que entregaria o veículo para um outro indivíduo, que lhe aguardava próximo ao supermercado na cidade de Porto Esperidião.



 Com base nas informações e características repassadas pelos policiais pelo suspeito aos policiais uma guarnição se deslocou até a pós Esperidião.



                           
 O suspeito foi localizado e durante a entrevista confirmou os policiais que realmente estava guardando para levar o veículo Fiat toro até a Bolívia..


 Os dois suspeitos foram presos e conduzidos juntamente com a caminhonete para a cidade de Cáceres, onde foram entregues na Delegacia de Fronteira (Defrom), onde outras providências foram tomadas.


Ainda no decorrer da noite,  volta das 02:25 da madrugada uma equipe de Força Tática do 6º Comando Regional de Cáceres, realizou a prisão de um homem e uma mulher, suspeitos de integrarem a quadrilha, que roubou o veículo e manteve o idoso de 70 anos como refém.

 Apesar do trauma vivido pelo roubo a vítima não apresentava lesões, mas devido  bastante abalado não conseguiu não repassar outras informações.


    Um dos suspeitos presos em Porto Esperidião, com a caminhonete roubada, relatou aos policiais que um casal, sendo um homem branco de barba e uma mulher de cabelos loiros, faziam parte da quadrilha e estavam em um veículo Ford K, dando apoio no roubo.


 PM prende a Loira do Carro Branco estava dando apoio ao transporte da quadrilha de roubo de veículos.

Foto: Força Tática- 6º CR
 A prisão ocorreu durante as diligências realizadas pelas equipes policiais do 6º CR, que já possuíam as características do veículo e do casal suspeito.


 O veículo foi localizado na Avenida São João, no bairro Cavalhada,  sendo que o veículo estava completamente empoeirado e foi abordado para averiguação.


 Durante a busca pessoal nada de ilícito foi encontrado com suspeitos, porém as características repassadas eram as mesmas do casal abordado abordado.



Conforme consta no Resumo policial, da ocorrência,foi mantido contato com a guarnição do Gefron e enviado uma foto do casal para ser mostrada ao suspeito preso na fronteira com a caminhonete.

 O mesmo disse que realmente se tratavam do casal envolvido no crime, dando apoio, confirmando serem eles os integrantes da quadrilha.

  Ao ser indagada pelos Policiais a mulher relatou  que estava com o suspeito desde às 21 horasonde o mesmo a buscou na casa de sua amigalocalizada no bairro Vitória Régia e realizaram vários deslocamentos juntos.


 Segundo a mulher os mesmos foram para o pátio da Unemat,depois para Jardim Universitário na cidade Unemat, depois ainda seguiram para o bairro Jardim Cidade Nova onde buscaram uma pessoa e levaram até uma fazenda que fica situada em uma estrada de chão, depois do Iate Clube.


 A mulher também relatou que seguiu com o suspeito pela rodovia BR-174, até nas proximidades do Cacho, Entroncamento para cidade de Mirassol d'Oeste e em seguida retornaram para a cidade de Cáceres, onde foram até a fazenda onde haviam levado a referida pessoa e acabaram encontrando um idoso pedindo por carona no meio do caminho, andando em uma rua escura.


 Ainda segundo a mulher a vítima teria informado que havia sido sofrido um roubo,  e foi levada pelo casal e deixado na praça da feira, para que pudesse pegar um mototáxi.


ao ser indagada a mesma não soube informar  o motivo dele é um p Obrigado 190 para informar a polícia do crime ocorrido, após encontrarem a vítima de sequestro cárcere privado.


Já o suspeito que estava com a loira no carro Branco, relatou aos policiais que trabalha como motorista de mobilidade Urbana e que estaria realizando uma chamada via aplicativo no momento da abordagem.

 Porém os policiais não encontraram nenhum aplicativo de mobilidade Urbano aberto ou para que confirmassem a afirmação do suspeito.


 O mesmo também ainda revelou aos policiais que havia buscado loira na Rua Porto Carreiro, região central e que estaria levando para sua residência, situada na Rua Pedro Alexandrino, bairro Vila Irene, sendo essa mais uma versão completamente diferente da apresentada anteriormente pela loira.

 O suspeito também revelou aos policiais que tinha encontrado a vítima pedindo por socorro decidiram dar apoio levando a mesma até a praça da feira.

 O mesmo também foi indagado por que que não acionou a polícia, para comunicar o fato, sendo respondido por ele que apenas deu carona a vítima.


 Além das divergências do casal abordado durante a entrevista, aos policiais levantando suspeita da participação dos mesmos no crime conforme reconhecido por foto, apontado por um integrante da quadrilha.

Os Policiais também receberam a informação de que em frente à residência da vítima, no momento que o crime, havia um carro branco com as mesmas características e com um casal dentro foi avistado por uma testemunha.

A testemunha também informou que o casal estava de máscara de cor branca, sendo que durante buscas no veículo foram encontradas várias máscaras descartáveis de cor branca, conforme relatado pelas testemunhas.

 Diante dos fatos o casal também foi conduzido juntamente com veículo e sem lesões corporais para Delegacia de Fronteira, (DEFRON), onde dois suspeitos estavam sendo ouvidos, após serem presos na fronteira, na cidade de Porto Esperidião.


O caso segur sendo apurado pela DEFRON

Comentários