Carreta furtada em Várzea Grande é recuperada na fronteira pelo Gefron



CARRETA FURTADA EM VÁRZEA GRANDE É RECUPERADA NA FRONTEIRA PELO GEFRON

 O veículo estava carregado com pneus, armários, peças automotivas e agrícolas e ainda gênero alimentícios, dentre outros,  ninguém foi encontrado no local.




Foto: GEFRON

                                                                                             

Publicidade

O gás acabou, ligue Flash Gás a entrega mais rápida da cidade.




Plantão nos finais de semana e feriado, para retirada no estabelecimento, 24 hs.



                                                                                             

 A recuperação de uma carreta furtada na cidade de Várzea Grande ocorreu por volta das 13 horas deste sábado dia 27, na região conhecida como Baía Bela, zona rural de Porto Esperidião, a poucos quilômetros da linha divisória com a Bolívia.



 O fato se deu durante o patrulhamento de uma equipe do Grupo Especial de Fronteira (GEFRON), que se deparou com o caminhão Volvo/FH 440 6x2T, de cor verde e placa MIY-2206, atrelado ao Semi - Reboque de placa QHD-3415.

 Ninguém foi localizado nas proximidades, e ao ser realizada a vistoria veicular foi contatado que o caminhão não possuía chave de ignição e que o sistema estava violado, sendo feita a ligação direta, possivelmente no momento que o mesmo foi furtado.


Durante a checagem foi constatado que o caminhão é produto de furto ocorrido na cidade de Várzea Grande, na sexta-feira, 26,  ocorrência esta atendida pela Polícia Rodoviária Federal.


Vídeo GEFRON

 Durante a vistoria foi constatado que o caminhão estava carregado com diversos materiais e produtos, dentre eles galões de óleos, armários, pneus e peças automotivas, agrícolas e gêneros alimentícios.


As autoridades estimam que tenham dado um prejuízo de quase r$ 400.000,00 ( quatrocentos mil Reais) ao mundo do crime.

01 Tra/C. Trator Volvo/FH 440 6x2T, de placa MIY-2206; R$: 190.000,00;
01 SR/GUERRA AG GR de cor cinza placa QHD-3415; R$: 81.000,00;
 Carga Avaliada em: 127.000,00 ( cento e vinte e sete mil reais);
                                                                                                                                                                                                                                                         Prejuízo estimado ao crime: 398.000,00 (trezentos e noventa e oito mil reais);


 O caso foi registrado na Delegacia Fronteira ( DEFRON), em Cáceres, que passou a tomar outras providências pertinentes ao caso, dentre elas  as os trâmites para devida a restituição aos seu legítimo proprietário.

Comentários