Drogas são tiradas de circulação em Cuiabá, Sinop e Água Boa



 DROGAS SÃO TIRADAS DE CIRCULAÇÃO EM CUIABÁ, SINOP E ÁGUA BOA

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939

Foto: PMMT


 Fonte: PMMT
Por:Laura Gonçalves PMMT

Policiais militares de Cuiabá, Sinop e Água Boa prenderam nesta quinta-feira (18.06), seis pessoas, sendo três homens e três mulheres por tráfico de droga. Dois adolescentes foram apreendidos.
Na capital, foram duas ocorrências. Uma no bairro Bosque da Saúde, com a prisão de um homem e mulher. A denúncia via 190 informava que pessoas estariam traficando na Avenida Jurumirim. Em diligência, os agentes viram quando um homem e uma mulher negociavam entorpecentes. Com a dupla, foram apreendidas quatro porções de pasta base de cocaína e dinheiro.
No bairro Parque Atalaia, os policiais do 9º BPM prenderam um homem e apreenderam um adolescente. A dupla foi pega em flagrante com cinco porções de maconha e dinheiro.
Em Sinop, também foram duas ocorrências. A primeira no bairro Dauri Riva, pela equipe da Força Tática que prendeu um homem com 22 porções de maconha e um celular. A informação apontava que o suspeito vendia droga para adolescentes.
No Jardim Boa Esperança, policiais do Comando de Ações Rápidas (CAR) – prenderam duas mulheres que traficavam em um bar. Com elas foram apreendidas 12 porções de maconha, uma balança e dinheiro.
Em Água Boa, na área central, a equipe da Força Tática deteve um adolescente depois que moradores desconfiaram dele por estar rondando próximo das casas. Em diligência, o denunciado foi abordado e encontrado em seu bolso uma porção de maconha.
Serviço
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários