Governador de Mato Grosso prolonga feriado Corpus Christi, tentando aumentar isolamento social



GOVERNADOR DE MATO GROSSO PROLONGA FERIADO DE CORPUS CHRISTI, TENTANDO AUMENTAR O ISOLAMENTO SOCIAL


Na capital já não se encontra mais leitos de UTI com respiradores, e quem contrair a doença não terá respirador a disposição, e ficará numa enfermaria.
Foto: reprodução WEB

 Conforme publicado no Diário Oficial de Mato Grosso, que circulou nesta terça-feira dia 9, o Governador Mauro Mendes, decretou ponto facultativo para os órgãos públicos nesta sexta-feira dia 12.

O decreto prorroga o feriado de quinta-feira e os órgãos permaneceram fechados até domingo,  abrindo somente na segunda-feira dia 15 de junho.


 Essa medida foi uma das formas adotadas pelo  Governador para tentar manter as pessoas em casa, aumentando o isolamento social e face da terrível pandemia que aflige todo mundo, onde Mato Grosso está com o registro de contágio e óbitos aumentando a cada dia.



Segundo especialistas a doença ainda não chegou ao seu pico em Mato Grosso, e o numero de infectados e de mortes aumenta o tempo todo.


O secretário de Saúde, em entrevista a imprensa também informou nesta terça-feira que a situação está crítica
Foto: reprodução WEB

“Pode acontecer de hoje mesmo não termos nenhum leito mais à disposição no Hospital Metropolitano ou nos de Cuiabá, porque não para de chegar gente infectada.
E mesmo assim, tem gente fazendo festa, andando na rua, visitando amigos. Estamos em uma situação muito ruim. Se você quer correr o risco, você será um paciente que não vai ter respirador a seu favor.

Daqui a pouco, só teremos leitos de enfermaria e com pacientes morrendo sem respiradores. Não temos UTI e nem respiradores para todo mundo”.



 Dados atuais do quadro da pandemia em Mato Grosso

Informação prestada pelo Portal da SES-MT em 10 de junho de 2019.
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (09.06), 4.504 casos confirmados por Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 140 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As 14 mortes mais recentes envolveram residentes de Várzea Grande, Poconé, Cuiabá, Nova Santa Helena, Sorriso, Barra do Garças, Sinop,
Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (1.332), Várzea Grande (397), Rondonópolis (346), Primavera do Leste (191), Tangará da Serra (187), Confresa (165), Sorriso (140), Lucas do Rio Verde (137), Sinop (112), Barra do Garças (95), Campo Verde (93), Nova Mutum (78), Pontes e Lacerda (76), Jaciara (52), Cáceres (50), Rosário Oeste (45), Sapezal (44), Alta Floresta (43), Querência (41) e Tapurah (39).
A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.
Nas últimas 24 horas, surgiram 263 novas confirmações em Água Boa (1), Alto Boa Vista (1), Alto Garças (2), Aripuanã (1), Barra do Garças (2), Bom Jesus do Araguaia (4), Cáceres (3), Campinápolis (2), Campo Novo do Parecis (1), Campo Verde (12), Campos de Júlio (3), Canarana (1), Chapada dos Guimarães (4), Colíder (1), Confresa (11), Cotriguaçu (2), Cuiabá (48), Itaúba (1), Itiquira (1), Jaciara (3), Juscimeira (2), Lucas do Rio Verde (10), Marcelândia (3), Nossa Senhora do Livramento (3), Nova Mutum (8), Nova Ubiratã (3), Paranaíta (1), Pedra Preta (5), Peixoto de Azevedo (1), Poconé (1), Porto Esperidião (3), Primavera do Leste (10), Querência (10), Ribeirão Cascalheira (3), Rondonópolis (34), Santa Carmem (1), São Félix do Araguaia (3), São José do Povo (4), Sapezal (3), Sinop (8), Tangará da Serra (11), Tapurah (3), Várzea Grande (21), Vera (1), Vila Rica (1) e municípios de outros Estados (6).
A área técnica da SES ainda esclareceu que foram corrigidas cinco ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, uma notificação anteriormente contabilizada em Cuiabá foi reposicionada para Várzea Grande, município de residência do paciente.
Dos 4.504 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 2.521 estão em isolamento domiciliar e 1.597 estão recuperados. Há ainda 246 pacientes hospitalizados, sendo 158 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 133 em enfermaria. 
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,9% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,1 masculino; além disso, 1.261 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 9.724 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 785 amostras em análise laboratorial.
Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.
Fonte: SES-MT



Comentários