PM resgata mulher mantida em cárcere privado pelo marido, sofrendo maus tratos e até violências sexuais



 PM RESGATA MULHER MANTIDA EM CÁRCERE PRIVADO PELO MARIDO, SOFRENDO MAUS TRATOS E AMEAÇAS DE MORTE


 PM de Araputanga,  encontrou a mulher que estava bastante abalada emocionalmente que confirmou que não podia sair de casa e estava recebendo ameaças de morte


Foto: Ass Com 17º BPM/ Ed F.A.



 A ação da Polícia Militar que conseguiu tirar a mulher das mãos do companheiro,  onde vivia forçada juntamente com as filhas, ocorreu na tarde deste domingo, dia 31 de Maio, por volta das 19 horas,  na cidade de Araputanga, distante a 345 Km da Capital Cuiabá.


 A PM foi acionada através do 190, pela mãe da vítima, que reside em Pontes Lacerda e disse que estava indo até Araputanga,  para buscar a filha, que sofria nas mãos do companheiro.

 Segundo o relato da comunicante, sua filha estaria sofrendo maus-tratos, sendo proibida de sair de sua residência, sofrendo ameaças de morte e inclusive chegou a lhe confidenciar que sofreu abuso sexual por parte dos suspeito.

 Diante da solicitação e da comunicação do grave crime que estava ocorrendo, os policiais se deslocaram até a referida residência, no bairro Jardim do Brás,  onde foram atendidos, na frente da casa, pelo suspeito de 39 anos.






 Ao ser indagado da denúncia o mesmo respondeu  que realmente entrou em desentendimento com sua esposa e que no momento de nervosismo pode ter feito ameaças a mesma.




 Ainda foi questionado se o mesmo possui alguma arma de fogo em sua residência, onde o mesmo respondeu que não, sendo em seguida solicitado a permissão para que os policiais averiguasse em sua residência. 

 O suspeito autorizou e os policiais iniciaram as buscas no local, onde foi encontrado no interior de um dos cômodos uma arma de pressão, de cano curto, modificada para calibre 22.

Foto: Ass Com 17º BPM


 Na residência os policiais encontraram a vítima que estava aparentemente assustada e nervosa, com estado emocional bastante abalado


 Durante entrevista a mesma confirmou para os policiais da denúncia recebida,  dizendo que há algum tempo é proibida de sair de casa e tem muito medo dele.

 A vítima ainda disse que teme pela vida de suas duas filhas, que precisa de ajuda e que não quer mais conviver com o suspeito.
Foto: Ass Com 17º BPM

Ainda foi perguntado ao suspeito se havia  mai alguma armas na residência e o mesmo respondeu que não, porém afirmou que em seu sítio teria uma espingarda, também modificada,  que estaria na propriedade localizada na zona rural do município de Araputanga.

 A equipe também se deslocou com suspeito até o local, onde foi apreendida uma espingarda modificada para calibre 22 e mais cinco munições intactas.


 O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com as armas apreendidas para Delegacia de Polícia Civil, que outras providências passaram a ser tomadas.

Comentários