Ação conjunta GAP e RP da 3ª Cia estoura "boca de fumo" em 4 Marcos



AÇÃO CONJUNTA GAP E RP DA 3ª CIA ESTOURA "BOCA DE FUMO" EM 4 MARCOS


 Uma mulher foi presa e três menores que estavam na casa também foram encaminhadas  a DP, juntamente com o material apreendido.




Foto: PMMT
O Grupo de Apoio vêm desarticulando quadrilhas e reprimindo pontos de vendas de entorpecentes na área do 17º BPM,  que abrange Mirassol d'Oeste outros 10 municípios, realizou na noite desta sexta-feira dia 21 mais uma bela ação, fechando uma boca de fumo e mandando para cadeia uma suspeita que comercializava 
entorpecentes em sua própria residência.



A ação foi realizada  por policiais do Grupo de Apoio em conjunto com policiais militares da 3ª Cia PM, que encontravam-se de serviço, culminando com a prisão de uma mulher de 33 anos e na apreensão de outras 3 menores, sendo que uma delas inclusive portava em suas vestes 3 porções de entorpecentes.





 Os trabalhos iniciaram quando os policiais que já haviam recebido diversas informações a respeito de um ponto de venda de entorpecentes, localizado na residência da referida suspeita, que fica no bairro Jardim popular, mais precisamente na Rua Brasília.


 Um indivíduo conhecido no meio policial como usuário de entorpecentes foi abordado no bairro Jardim Popular e informou aos policiais que teria feito uso de entorpecente há cerca de 40 minutos atrás e que teria adquirido a droga na residência da referida suspeita denunciada anteriormente e investigada pelas equipes.

  As equipes passaram coletarem outras informações e realizarem policiamento mais próximo à residência da suspeita.


 As informações obtidas davam conta de que durante todo o dia uma houve uma grande movimentação de pessoas, aparentemente usuários de entorpecentes o próximo uma casa.


 Já por volta das 19 horas a equipe policial realizava policiamento quando avistou dois homens e uma mulher em frente à residência da suspeita.

 Durante a aproximação ao ser anunciada a " voz de abordagem", todos correram para o interior da casa, sendo que dois homens conseguiram evadir-se pelos fundos, jogando uma sacola e conseguiram pular o muro tomando rumo ignorado.

  Todos foram acompanhados pela equipe policial mas infelizmente não houve a possibilidade de detenção dos dois suspeitos, que conseguiram empreender fuga.


 A mulher, posteriormente identificada como dona da residência denunciada, correu para o banheiro de um dos quartos onde jogou algo no vaso sanitário e logo em seguida de descarga.


 A equipe policial dando continuidade as buscas identificou outras três menores que se encontravam na residência sendo que uma delas passou a tumultuar o serviço policial tendo que ser contida com força moderada.




 Uma policial feminina realizou  as buscas pessoais na referida menor encontrando em  suas roupas três porções de substância análoga à pasta base de cocaína.
Foto: PMMT

 Durante as buscas realizadas na proprietária da residência também foram encontradas outras cinco porções de pasta base de cocaína, sendo que com as outras duas menores nada de ilícito foi encontrado.


 Conforme consta no Boletim de ocorrência; ma das menores que se encontravam na residência que foi abordada, disse aos policiais que foi juntamente com as outras duas amigas, também menores de idade, para tomar tereré na casa da suspeita e que presenciou a venda de entorpecentes a pessoas que chegavam ao portão da casa da mesma.


  As equipes realizaram buscas na casa, no quintal e também no telhado, onde foram apreendidos o seguinte materiais abaixo relacionados

R$ 1.161,00 ( Hum mil cento e sessenta e um Reais)  

- 4 relógios.  

- 2 televisões. 

- 1 aparelho de som. 

- 6 Aparelhos Celular. 

- 3 pedaços de substância  análoga a pasta base de cocaína. 

- 15 trouxinhas de substancia análoga a pasta base de cocaína.  

- 1 pedaço grande de substancia análoga  cocaína.

Foto: PMMT

 Na residência ainda haviam duas crianças ,sendo um menino de 10 anos e uma menina de apenas 4 anos, sendo acionado o Conselho Tutelar que passou a resguardar os direitos dessas duas crianças, bem como também acompanharam o caso que envolve as outras três  adolescentes.


 A suspeita de 33 anos recebeu voz de prisão, sendo encaminhada juntamente com as três menores infratoras para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais apreendidos, onde outras providências passaram a serem tomadas.
Foto: PMMT

 Essa foi mais uma ação do Grupo de Apoio (GAP) do 17º BPM, que realizou uma ação de combate ao tráfico de entorpecentes na cidade de São José dos Quatro Marcos, tendo como apoio o outro policiais militares da 3ª Cia PM de Mirassol d'Oeste, além da denúncia da população.


Se você souber de alguma informação que possa levar a prisão de algum criminoso ou identificação de algum ponto de venda de entorpecentes, ou de um outro fato que mereça a atenção da Polícia Militar, ligue 190 ou 0800653939 e faça sua denúncia.

Você não precisa se identificar

Comentários