Policiais Militares do 17º Batalhão prendem ladrão da caixa de papelão

 POLICIAIS MILITARES DO 17º BATALHÃO PRENDEM LADRÃO DA CAIXA DE PAPELÃO



 O suspeito entrava nas lojas com a caixa de papelão vazia onde colocava algum objeto de valor  e saía tranquilamente,  mas acabou preso ainda com objeto furtado um dia antes.








 A Polícia Militar de Mirassol d'Oeste e região já estava de olho em um suspeito que agia nos comércios de São José dos Quatro Marcos e região utilizando-se de uma maneira bastante criativa para praticar furtos de objetos de valores.



 Um homem de 54 anos, já conhecido no meio policial, entrava tranquilamente nas lojas com uma caixa de papelão vazia nas mãos e sorrateiramente colocava algum objeto de valor e em seguida saia das lojas tranquilamente, como se nada estivesse acontecendo.


Foto: PMMT

 O mesmo foi avistado em Mirassol d'Oeste por uma guarnição do Grupo de apoio (GAP), que suspeitou do indivíduo e realizou a abordagem ao mesmo.



 Conformar que se tratava do autor de furto não foi surpresa para os policiais, que encontraram dentro da caixa de papelão uma caixa de ferramentas e um cadeado ambos novos e ainda lacrados, que o mesmo não quis dizer se eram furtados.

Foto: PMMT

As evidências deram a entender que eram produtos de furtos ocorridos em algum comércio da região, sendo que a equipe realizou diligências em várias lojas que vendem os referidos objetos, porém naquele momento ainda não haviam dado falta de nenhum objeto ou mesmo registrado a presença desse indivíduo dentro das lojas  no período vespertino.


Nenhum comércio foi identificado a respeito de furto praticado pelo suspeito que foi conduzido para a sede do 17º BPM  e durante a confecção do boletim de ocorrência o suspeito revelou espontaneamente que havia praticado o furto no dia anterior na loja material de construções hiper JN.


 O proprietário do estabelecimento comercial compareceu ao local reconhecendo os objetos que haviam sido subtraídos e o seu comércio.



 Os policiais ainda constataram, durante averiguação, que o suspeito estava em descumprimento de medidas judiciais, pois não deveria ser ausentar do município de Pontes e Lacerda, sem a prévia autorização do juiz responsável pela comarca.


 Diante dos fatos o suspeito de 54 anos foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil, juntamente com material recuperado, onde outras providências passaram a serem tomadas.

Comentários