Gefron prende traficantes com carregamento de drogas na fronteira um suspeito estava armado de fuzil

 GEFRON  PRENDE TRAFICANTES, COM CARREGAMENTO DE DROGAS NA FRONTEIRA, UM SUSPEITO ESTAVA ARMADO DE FUZIL


Foram apreendidos 55 kg de pasta base de cocaína e ainda apreendido um fuzil 556 de fabricação americana.

Foto: Gefron







Conforme informado pela Assessoria de Comunicação do Gefron, a apreensão e as prisões ocorreram durante a Operação Hórus/VIGIA, em continuidade à força tarefa do GEFRON no combate ao tráfico ilícito de drogas.

Uma equipe volante estava em patrulhamento pela MT 388, nas proximidades da comunidade Clarinópolis, região de fronteira e zona rural do município de Cáceres quando avistou 4 indivíduos caminhando próximo a uma reserva de mata carregando cargas em seus ombros.



De imediato a equipe desembarcou e fez a aproximação a pé e realizou a abordagem, sendo constatado que os quatros indivíduos estavam transportando a pé, entorpecentes oriundos da Bolívia.


Os suspeitos relataram que todos os materiais seriam entregues no município de Porto Esperidião-MT e receberiam a quantia de duzentos reais (R$200,00) por quilo transportado.


Um dos suspeitos portava um fuzil de calibre 5.56mm de fabricação americana, dois carregadores contendo no total 70 munições intactas.


 Durante a abordagem, apesar de estarem com armamento de uso restrito (Fuzil) às Forças de Segurança e Defesa, os suspeitos se renderam de imediato, não havendo o confronto armado.

Foto Gefron

 

Apreensão: 


55 Tabletes de sustância análoga a pasta base de cocaína. Totalizando 57,200kg; R$1.038.600,00.

01 Fuzil JMT (James Madson Tatical) cal. 5.56mm USA; R$ 20.000,00.

02 Carregadores de Fuzil cal.5.56mm PMAG; R$1.000,00;

70 Munições cal.5.56mm marca FBM (Fabricação Boliviana de Munição) Cochabamba; R$ 900,00;

Prejuízo ao crime: R$ 1.060,500,00 (Um milhão, sessenta mil e quinhentos reais)


Diante dos fatos os materiais e os suspeitos sem lesões corporais foram encaminhados para Delegacia Especial de Fronteira em Cáceres, para demais providências.


Comentários